Não há mais pontos visíveis de fogo na serra de São Pedro, diz Corpo de Bombeiros


No quinto dia de combate às chamas, balanço foi positivo, mas monitoramento vai continuar nesta quarta-feira, segundo a corporação. Helicóptero Águia durante operação para apagar incêndio na serra de São Pedro
Divulgação/ Prefeitura de São Pedro
O Corpo de Bombeiros informou nesta terça-feira (15) que não há mais pontos visíveis de fogo na serra de São Pedro (SP), onde um incêndio teve início na última sexta-feira (11).
“O que vemos agora são alguns pontos de fumaça, não há mais pontos visíveis de fogo”, disse o comandante da base do Corpo de Bombeiros em São Pedro, sargento Ricardo Migatta na tarde desta terça-feira, em nota oficial encaminhada pela prefeitura.
O comandante explicou que os dois helicópteros Águia da Polícia Militar, que trabalham desde sábado no combate às chamas, manteriam os vôos até o final da tarde desta terça, enquanto o céu estivesse claro.
Corpo de Bombeiros também realizou combate por solo
Divulgação/ Prefeitura de São Pedro
Equipes fizeram também o monitoramento por solo, na região do bairro Capim Fino, mas em alguns locais não foi possível ter acesso. Para esta quarta-feira, nova avaliação está programada.
“Não podemos baixar a guarda. O panorama atual é bom, mas vamos manter o monitoramento de toda a área e os pontos de fumaça ainda são motivo de preocupação”, alertou Migatta.
Ação conjunta
O fogo teve início na tarde de sexta-feira e, desde então, várias frentes dedicaram-se ao combate.
Equipes das bases do Corpo de Bombeiros de São Pedro e Piracicaba receberam apoio de funcionários da brigada de incêndio do município, guardas-civis, além de funcionários das Secretarias de Obras, Governo e Turismo, Cultura, Esportes e Lazer.
O combate aéreo foi feitos pelos helicópteros e por um avião agrícola, tipo piper, contratado pela Prefeitura de São Pedro.
Maquinários como pá-carregadeira, retro-escavadeira e caminhão pipa da Prefeitura de São Pedro e um caminhão-pipa da Prefeitura de Charqueada também foram utilizados nas ações de contenção do fogo.
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba
Leitores On Line