Mulher é morta a tiros após discusão no Litoral Norte

O marido da vítima é o principal suspeito de ter praticado o crime.

Uma mulher de 32 anos foi assassinada a tiros em Camboriú, no Litoral Norte, na manhã deste domingo (19), informou a Polícia Militar. O crime ocorreu por volta das 8h, na casa em que a vítima, Leonice Alexandrina Teixeira Bechtold, vivia com a família, na Estrada Geral do Braço. O marido dela, de 34 anos, é o principal suspeito do crime. Ele teria tentado tirar a própria vida, e até a publicação desta reportagem estava internado em estado grave.

A PM registrou a ocorrência como feminicídio seguido de tentativa de suicídio.  A mulher chegou a ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu ainda no local.

O casal tinha filhos, mas a PM não confirmou quantos e nem as idades – somente informou que são crianças. Conforme a corporação, o casal estava passando por um período de desavenças e a mulher teria resolvido sair de casa, e que essa teria sido a motivação do homicídio.

O crime

Uma testemunha contou à Polícia Militar que a vítima estava retirando as próprias coisas de dentro da casa e colocando no carro quando o marido chegou, bastante alterado, e os dois começaram uma discussão. Essa testemunha disse que, depois disso, ouviu três disparos.

Ainda segundo o relato, ela também viu o homem ferido. Quando a PM chegou ao local, ele já tinha sido levado por familiares ao Hospital Ruth Cardoso, onde está internado. Os tiros seriam de uma pistola, mas a arma ainda não foi localizada.

A Polícia Civil foi acionada, assim como o Instituto Geral de Perícias (IGP). Segundo a PM, não havia registros de boletins de ocorrência por violência doméstica contra o suspeito do crime.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.