MPSC denuncia policiais militares flagrados agredindo homem em Balneário Camboriú

mpsc-denuncia-policiais-militares-flagrados-agredindo-homem-em-balneario-camboriu


Marinheiro, sem resistir à abordagem da PM, levou socos e chutes. Caso ocorreu em agosto, em frente a uma marina no bairro Iate Clube. Agressão ocorreu em Balneário Camboriú
Reprodução/ NSC TV
O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) ofereceu denúncia nessa segunda-feira (31) contra dois policiais militares que foram flagrados por câmeras agredindo um marinheiro durante abordagem em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, em agosto deste ano. Eles foram denunciados por lesão corporal e falso testemunho, previstos no Código Penal Militar, e por violência arbitrária, do Código Penal.
A Justiça ainda não decidiu se aceita o caso. A denúncia foi apresentada pelo promotor de Justiça Raul Rogério Rabello, titular da 5ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital, com atuação perante a Justiça Militar.
O marinheiro foi agredido na manhã do dia 3 de agosto. A ação, registrada por uma câmera de monitoramento, ocorreu em frente a uma marina no bairro Iate Clube. Segundo apurado, os dois PMs estavam em rondas quando resolveram abordar o veículo da vítima, que estava indo ao trabalho. Os policiais desceram da viatura apontando armas de fogo e agrediram o homem, sem que ele esboçasse qualquer resistência.
Na denúncia, o promotor de Justiça sustentou ainda que os PMs fizeram afirmação falsa ao lavrarem termo circunstanciado: para tentar justificar a própria conduta, simularam que houve resistência e desobediência por parte da vítima – o que contraria as imagens que mostraram o ocorrido.
Veja mais notícias do estado no site SC