MP recomenda que candidatos cumpram medidas para evitar contágio por Covid-19 em RR


Recomendação publicada no Diário de Justiça Eletrônico, diz que reuniões políticas presenciais só podem ser realizadas se obedecerem às regras sanitárias, como lotação máxima de 200 pessoas. A recomendação foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico, nesta terça-feira (15)
Heloise Hamada/Arquivo G1
O Ministério Público Eleitoral (MPE) recomendou aos partidos políticos e pré-candidatos que não promovam qualquer tipo de aglomeração e cumpram os decretos de enfrentamento da pandemia coronavírus em Roraima. A recomendação foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico, nesta terça-feira (15).
De acordo com o documento, só devem ser realizadas reuniões políticas presenciais se forem obedecidas as regras sanitárias, como lotação máxima de 200 pessoas, uso correto da máscara e higienização das mãos de todos os participantes. Os partidos também devem dar preferência às convenções virtuais.
Além disso, devem ser evitados o compartilhamento de informes publicitários impressos, eventos que ocasionem aglomerações, como comícios e caminhadas, e também o contato físico entre as pessoas durante toda a campanha eleitoral.
Também devem ser reduzidos o fluxo e permanência de pessoas dentro do comitê ou locais de reunião, além de ser respeitada a distância mínima de pelo menos 2 metros entre as pessoas.
Roraima tem 342,6 mil eleitores aptos a votar nas Eleições 2020, conforme levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Candidatos têm até 26 de setembro para serem registradas na Justiça Eleitoral.
Leitores On Line