Ministério da Saúde do Paraguai apresenta protocolo preliminar para reabertura gradual da Ponte da Amizade


Documento foi apresentado ao presidente do país, na terça-feira (15), e propõe a entrada de pessoas para fins comerciais, mas não aponta data para reabertura; ponte liga Cidade do Leste a Foz do Iguaçu. Reabertura da fronteira está sendo estudada
O Ministro da Saúde do Paraguai, Julio Mazzoleni, apresentou ao presidente do país, Mario Abdo Benítez, um protocolo sanitário preliminar para uma possível reabertura gradual da fronteira, entre Cidade do Leste e Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ainda não há data definida pelo Paraguai para a reabertura da Ponte Internacional da Amizade.
O documento apresentado, na terça-feira (15), propõe a entrada de pessoas que moram na região da fronteira para fins comerciais e por até 24 horas, cumprindo as medidas de higiene estabelecidas. Esse foi o primeiro protocolo com um projeto sobre a possível reabertura da ponte.
“É um esboço inicial e, naturalmente, está sujeito a mudança. Vamos orientar a população que entra para esse turismo de compra, por assim dizer, restringindo por um período de tempo. Vamos separar também do grupo de pessoas que vivem de um dos lados da fronteira e tem que separar do grupo de compatriotas que podem estar retornando ao país. Esses são, mais ou menos, os aspectos que vamos cobrir”, disse o ministro.
Segundo o governo paraguaio, reabertura deverá ser gradual
Renan Gouveia/RPC
O ministro ressaltou que os casos da Covid-19 e o número de pessoas internadas estão diminuindo na região oeste do Paraná, por isso, poderá permitir a reabertura da ponte, que está fechada desde o dia 18 de março.
Conforme o último decreto do governo brasileiro, é permitida a circulação de moradores da fronteira entre os dois países desde que haja reciprocidade, ou seja, que o governo paraguaio também autorize.
Durante a pandemia, apenas caminhões que fazem o transporte de cargas podem cruzar a fronteira entre o Brasil e o Paraguai, pela Ponte Internacional da Amizade.
Coronavírus
Conforme o Ministério de Saúde do Paraguai, até segunda-feira (14), o país registrou 28.487 casos confirmados do novo coronavírus e 539 óbitos pela Covid-19. São 13.134 mil casos ativos da doença.
O departamento de Alto Paraná, onde Cidade do Leste é a capital, registrou 6.039 casos confirmados do novo coronavírus, desses, o município concentra 4.191 casos confirmados.
Segundo a Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu, até esta terça-feira (15), foram registrados 6.205 casos do novo coronavírus e 81 óbitos pela Covid-19. A cidade tem 305 casos ativos da doença.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.
Leitores On Line