Foram mais 4.244 casos e 77 mortes confirmadas nas últimas 24 horas no estado. A doença já chegou a 92% dos municípios mineiros, presente em 787 das 853 localidades.

Belo Horizonte continua o município com o maior número de registros, segundo o governo, com 15.668 casos e 432 óbitos. O levantamento ainda diverge do que é feito pela Secretaria Municipal de Saúde da capital, que tem mais confirmações (16.100) e menos mortes (417).

A capital mineira e Ribeirão das Neves são os municípios que concentram mais óbitos dos últimos 77 a entrar no balanço. Quinze mortes ocorreram em Belo Horizonte e outras oito no município vizinho.