Metamorfose ambulante tricolor empaca no atolado Bragantino

Time do interior paulista perde dois pênaltis e duelo fica no empate

Eu quero dizer agora o oposto do que eu disse antes… Alô, povão, agora é fé! Líder? Não! Tocou Raul! Para a rede. Com gol do meio-campista no início do segundo tempo, o Braga, que ainda perdeu dois pênaltis, ficou no 1 a 1 e impediu que o São Paulo dormisse na liderança.

Da série “tente outra vez”, o São Paulo não aprendeu a lição que sofreu no Campeonato Paulista, quando teve 818% da posse de bola e foi derrotado. Quando chegou, Brenner, que ganhou uma oportunidade como titular, estava na banheira.

O atacante Luciano marcou mais uma vez e ajudou o São Paulo a empatar com o Red Bull Bragantino
O atacante Luciano marcou mais uma vez e ajudou o São Paulo a empatar com o Red Bull Bragantino

Já do lado do Bragantino, Maurício Barbieri também tinha a pressão de vencer, único resultado que o tiraria da zona da degola. Posicionou o seu time atrás e esperou que o “dinizismo” oferecesse a chance para o bote.

Para tentar mudar o ritmo lento da prosa, Diniz voltou com Paulinho Boia e Hernanes nos lugares dos inexistentes Vitor Bueno e Gabriel Sara; na meiúca do Bragantino, Raul voltou na boquinha de Matheus Jesus.

E o troca-troca rendeu! Tchê Tchê, que tem inexplicável lugar cativo, dormiu no ponto e Raul aproveitou a jogada de Artur para abrir o placar.

E o Braga poderia ter ampliado em “pênalti” inventado pelo lixo do VAR, que, em câmera lenta, constatou que a bola pegou abaixo do ponto inferior do sovaco. Aliás, se não ajuda em nada a diminuição dos erros, ao contrário, o lixo do VAR tem auxiliado de forma eficiente a aumentar a média de gols do CovidãoBR! Toda rodada tem “pênaltis” criados pelo circo eletrônico. Claudinho, no entanto, não quis consagrar o circo eletrônico e chutou fora.

O erro foi castigado. E em uma saída bizarra de Cleiton, que já tinha tentado entregar a paçoca em outro lance, Luciano, o sovaco do pênalti, igualou.

E o Tricolor ficou no lucro. Nos acréscimos, em nova penalidade, esse de verdade, Artur chutou na trave. Final, 1 a 1, São Paulo sem a liderança, Braga sem fugir da zona da degola.

Chico Xavier: “A desilusão é a visita da verdade”.

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso. É nóis na banca! E no agora.com.br!

Dérbi 

Enquanto o técnico campeão paulista visita Itaquera com o objetivo de manter a invencibilidade verde e, em caso de vitória, bater o ponto na briga pelo caneco, Tiago Rock´n´Roll Nunes precisa ganhar para não ver a zona da degola e o desemprego se aproximarem. Pode dar qualquer coisa, zebra mesmo só se der bom jogo. Palpite: 0 a 0.

Palpites 

No reencontro com Guto Gordiola Ferreira, o Colorado vai se reabilitar dos últimos dois empates, vencer com direito a gol do goleador Thiago Galhardo e fechar mais uma rodada do interminável CovidãoBR de VARtebol na liderança isolada. Palpites: Internacional 2 x 1 Ceará, Bahia 1 x 0 Grêmio e Vasco 1 x 0 Atlético-GO.