Menina com suspeita de coronavírus põe recado em saco de lixo para alertar garis em SC


Imagem circulou pelas redes sociais durante fim de semana. Criança tem 10 anos e mora em São José, na Grande Florianópolis. Menina com suspeita de Covid-19 deixa recado em saco de lixo para garis
Com apenas 10 anos, uma moradora de São José, na Grande Florianópolis, escreveu um recado em um saco de lixo para alertar garis e profissionais da coleta do perigo de contaminação. Isso porque a menina, Renata Gaspar Kunh, está com suspeita do novo coronavírus. A imagem do bilhete fez sucesso nas redes sociais no fim de semana.
A mensagem diz: “Cuidado – lixo possivelmente contaminado. Bom trabalho!”. A mãe, Jaqueline Joice Gaspar, contou que a filha Renata começou a sentir dor de cabeça, de garganta e no abdômen na última terça-feira (14). A principal suspeita dos médicos é de que o caso seja de Covid-19.
A menina precisou ficar internada e receber medicações para aliviar as dores que estava sentindo e, quando voltou pra casa, a orientação médica foi de isolamento. A mãe contou como a filha teve a ideia do bilhete. “Eu comecei a arrumar o lixo, que no sábado passava [a coleta de] o lixo, era sexta-feira. Uma vizinha aqui do meu apartamento, que eu já tinha contado pra ela da situação, que a gente ficaria em isolamento, ela se prontificou a descer com o meu saco de lixo com uma luva, com máscara certinho”.
Menina com suspeita de Covid-19 deixa recado em saco de lixo para garis em SC
Reprodução/NSC TV
Enquanto a mãe preparava o material para o descarte, a menina questionou Jaqueline. “Ela me disse ‘mas, mãe, os garis que vão mexer no nosso lixo não sabem que a gente pode estar contaminado com Covid [19]. Como é que a gente vai fazer?’”, contou a mãe. “Eu ainda a questionei, ‘não, filha, eles usam luva’. Mas ela disse ‘não, mãe, mas a gente precisa avisá-los. Eles são também o amor de alguém’”.
Então a menina foi até o quarto, pegou folha e lápis e escreveu a mensagem, que foi colada no saco de lixo. A foto do resultado do gesto de Renata viralizou após Jaqueline mandá-la nos grupos da família. A mãe espera que a atitude da filha possa sensibilizar mais gente. “Pelo menos que sirva para conscientizar as pessoas, né? Tantas pessoas com sintomas andando por aí e ela tentando cuidar de alguém que nem faz ideia se a pessoa está contaminada ou não”, disse.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line