A empresário Marconi Kirch (DEM) é o segundo a pedir ao Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE/SC) o registro de candidatura a prefeito de Biguaçu. Antes dele, a vereadora Salete já havia entrado com a documentação. A candidata a vice-prefeita de Marconi é a assistente social Iracema Wolan (Republicanos). Nas eleições de 2016, Iracema foi considerada “candidata fantasma” por emprestar seu nome para cumprir a cota partidária do PHS, em Palhoça. A partir de agora o juiz eleitoral da Comarca de Biguaçu irá analisar a documentação apresentada para deferir ou não o registro.

Outros cinco pré-candidatos a prefeito da cidade – André Clementino (PSL), Heriberto Rocha Peres (Patriota), João José (PT), Salmir da Silva (MDB) e Vilson Norberto Alves (PP) – estão em fase de coleta de documentação para efetuar seus registros. A data limite para isso é o dia 26 de setembro.