Um jovem de 18 anos, apontado como líder do tráfico do Morro Pau Comeu, no Aglomerado da Serra, foi baleado na madrugada desta quinta (20) durante confronto com policiais. Ele foi encaminhado ao Hospital João XXIII e não corre risco de morte. Um comparsa dele, de 21, também foi preso.

Durante patrulhamento, os militares receberam uma denúncia de que quatro pessoas armadas estariam em um imóvel na região, oficialmente registrado como Bairro Novo São Lucas. Entre elas, estavam o líder da gangue que comanda o tráfico e o comparsa dele, também traficante. As guarnições, então, se deslocaram até lá.

Os militares se dividiram e alguns ficaram responsáveis pelo cerco na região, enquanto outros iriam realizar a abordagem e adentrar ao imóvel. Ao perceber a chegada das viaturas, os suspeitos tentaram fugir para os fundos da residência, mas foram alcançados pelos policiais, que viram que os autores estavam armados.

A dupla insistiu e conseguiu fugir do imóvel, quando saíram correndo por um beco nas redondezas. Os militares que realizavam o cerco conseguiram localizá-los e realizaram a abordagem, quando, um deles, o suposto líder do tráfico, apontou uma arma contra os policiais.

Um sargento, afirmando legítima defesa, realizou um disparo que acertou o autor. Ainda assim, o jovem conseguiu continuar em fuga, quando se deparou com outra guarnição e começou a atirar contra os policiais.

Outro policial também efetuou um tiro contra o jovem, fazendo com que ele deixasse cair sua pistola Taurus, com quatro munições ainda intactas. Ele tentou correr para um outro beco, mas foi localizado e imobilizado. Com ele, foi apreendido também um rádio comunicador. Ele foi encaminhado ao Hospital João XXIII, onde foi socorrido.

Os militares continuaram nas buscas pelo comparsa do jovem, que foi localizado escondido em um banheiro de um imóvel. Ele foi preso portando uma bucha de maconha. Durante as buscas, foi localizada também outra pistola 9mm, carregada com 14 munições intactas.

Cães farejadores foram acionados para realizar o rastreamento na região e localizaram mais uma bucha e um cigarro de maconha e um pino de cocaína. A perícia esteve no local.

Segundo a PM, o jovem apontado como líder do tráfico tem extensa ficha criminal, com histórico de tortura, homicídio consumado e tentado, tráfico de drogas, porte de armas, roubo e disparos. O comparsa foi preso no início deste ano, também por tráfico.

*Estagiário sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira