Kate Middleton seleciona 100 fotos sobre a vida na pandemia para exposição virtual


A duquesa de Cambridge fez a curadora da mostra ‘Hold Still’ para a National Portrait Gallery de Londres; fotografias foram tiradas entre maio e junho, durante o lockdown. ‘Glass kiss’, obra feita por Steph James de West Sussex mostra seu filho de um ano visitando a avó de 88 em meio as restrições da pandemia de coronavírus no Reino Unido
Reprodução/Steph James/National Portrait Gallery
A duquesa de Cambridge Kate Middleton selecionou 100 retratos sobre a vida dos britânicos durante a pandemia do novo coronavírus para uma exposição virtual do museu National Portrait Gallery de Londres, inaugurada nesta segunda-feira (14).
A mostra recebeu o nome de “Hold Still”, que em inglês quer dizer “fique parado”, expressão em inglês usada antes de se fazer uma foto. Ela também pode resumir o que muitos britânicos tiveram que fazer durante o período de lockdown decretado para evitar a propagação da Covid-19 no país.
As fotografias foram tiradas entre maio e junho deste ano e mais de 31 mil pessoas enviaram suas contribuições para o museu nacional. Kate teve a ajuda de especialistas para escolher as 100 que integram a exposição dividida em três áreas: Cuidadores e Heróis, Seu Novo Normal e Atos de Gentileza.
Para organizar a exposição, Kate se reuniu de forma remota com especialistas em fotografia e arte
Reprodução/National Portrait Gallery
“Fiquei muito impressionada com a participação das pessoas e também com a qualidade das imagens, que são extraordinárias”, disse a duquesa de Cambridge em um comunicado. “As histórias por trás destas imagens foram muito comoventes.”
Um dos registros escolhidos por Kate é o que mostra o nascimento do primeiro filho do casal Ali e Leigh Harris. A nova vida chegou em meio a pandemia e, por medidas de segurança, o primeiro beijo (The First Kiss) entre mãe e filho foi feito sob uma proteção plástica dentro do hospital.
‘The First Kiss’, obra de Ali e Leigh Harris de Lincoln mostra o nascimento do primeiro filho do casal dando o primeiro beijo na mãe por uma proteção plástica para evitar a infecção pelo novo coronavírus
Reproducão/Ali e Leigh Harris/National Portrait Gallery
O diretor da National Portrait Gallery, Nicholas Cullinan, disse em nota que a tarefa de escolher as 100 finalistas não foi fácil. Ele agradeceu a ajuda de todos os jurados especialistas para que a exposição pudesse ser montada em tempo recorde.
“Ficamos impressionados com o grande número de fotografias incríveis que foram enviadas para o projeto”, escreveu Cullinan. “Esperamos que com ele possamos fazer um retrato de nossa nação, refletindo nossas experiências coletivas e individuais durante estes tempos sem precedentes.”
Apesar das dificuldades da pandemia, houve espaço para histórias divertidas. A família Coyle retratou a realidade de se viver preso em casa 24 horas por dia. Em um registro inesperado, “We Are Really Lucky to Have a Garden”, mostra que eles tiveram a sorte de passar por isso tudo com um jardim.
‘We Are Really Lucky to Have a Garden’, obra de Robert Coyle em Manchester mostra Bernadette e Francis no jardim da casa durante cumprindo com o isolamento durante a pandemia de coronavírus
Reprodução/Robert Coyle/National Portrait Gallery
Veja mais obras da exposição virtual ‘Hold Still’
‘Amanda and Her Son Terrence’, obra de Zak Waters mostra mãe e filho por trás da janela em meio a pandemia do novo coronavírus no Reino Unido
Reprodução/Zak Waters/National Portrait Gallery
‘This is what broken looks like’ é um autorretrato da profissional da saúde Ceri Hayles que atuou na linha de frente do combate a pandemia do novo coronavírus
Reprodução/Ceri Hayles/National Portrait Gallery
‘Higher Learning’, obra de Claudia Burton, de Londres, mostra seu filho estudando na varanda de sua casa, segundo ela, o novo normal por conta da pandemia do novo coronavírus
Reprodução/Claudia Burton/National Portrait Gallery
‘Lockdown Wedding’, os noivos Donna e Duke Llande tiveram que cancelar a festa de casamento por causa da pandemia então improvisaram uma cerimônia de faz de conta em casa para celebrar a data enquanto ainda não podem fazer a festa que tanto querem
Reprodução/Donna e Duke Llande/National Portrait Gallery
VÍDEOS: Notícias internacionais
p
Leitores On Line