Justiça suspende temporariamente a decretação de falência da Livraria Cultura


Suspensão vale até que o colegiado do Tribunal de Justiça tome uma decisão sobre o assunto, o que poderá levar até um mês. Livraria Cultura do Centro do Rio fechou as portas
Carlos Brito/G1
A Livraria Cultura obteve na Justiça decisão que suspende temporariamente a decretação de sua falência. O Tribunal de Justiça de São Paulo supendeu a decisão em primeira instância da Justiça, que não aceitou o resultado da Assembleia Geral de Credores da Livraria Cultura.
De acordo com a sentença, a suspensão vale até que o colegiado do Tribunal de Justiça tome uma decisão sobre o assunto, o que poderá levar até um mês.
Nesta semana, a Livraria Cultura entrou com recurso para tentar reverter a decisão da Assembleia de Credores, que rejeitou o aditivo do plano de recuperação da companhia e poderia levar a empresa à falência.
Empresa tenta reverter a decisão da assembleia com o argumento de que alguns credores tiveram problemas com a votação virtual e votaram de forma errada.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line