Justiça arquiva ação do PSOL contra Bolsonaro por incitar invasão de hospitais

A Justiça Federal extinguiu uma ação do PSOL contra Jair Bolsonaro por ter incentivado pessoas a invadirem hospitais.

Segundo a Folha, o partido pedia à Justiça que ordenasse a exclusão do vídeo das redes sociais do presidente e que Bolsonaro fosse condenado a pagar indenização por danos morais coletivos.

O juiz Paulo Cezar Duran arquivou o processo sem analisar o mérito, argumentando que um partido não pode propor uma ação civil pública.

A declaração de Bolsonaro sobre a invasão a hospitais foi feita durante uma live, em 11 de junho.

“Seria bom você fazer na ponta da linha. Se tem hospital de campanha perto de você, hospital público… arranja uma maneira de entrar e filmar. Muita gente está fazendo isso, mas mais gente tem que fazer para mostrar se os leitos estão ocupados ou não, se os gastos são compatíveis ou não.”

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.