Tuesday, 04 August, 2020

JORNAL TIJUCAS

Junho fechou negativo na geração de empregos, em São João Batista


Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia, revelam que São João Batista seguiu demitindo mais que contratando no mês de junho. Município fechou 360 vagas no mês, e desde o início da pandemia do coronavírus já foram eliminados 2.737 postos de trabalho com carteira assinada. O número oficial não contabiliza […]

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia, revelam que São João Batista seguiu demitindo mais que contratando no mês de junho. Município fechou 360 vagas no mês, e desde o início da pandemia do coronavírus já foram eliminados 2.737 postos de trabalho com carteira assinada.

O número oficial não contabiliza os trabalhadores informais, que estão concentrados principalmente nos ateliers ou empresas que prestam serviços terceirizados. Principal responsável pelos números negativos na geração de emprego é o setor calçadista, que vem sendo castigado com o fechamento do comércio, cancelamento de pedidos e paralização de produção.

Com a evolução da pandemia em março, a Capital Catarinense do Calçado contabilizou naquele mês saldo negativo de 311 vagas fechadas. O saldo leva em conta as contratações e demissões no período. Abril foi o mês mais grave para os trabalhadores batistenses, quando o saldo ficou negativo em 1.217 vagas. Em maio mais 849 postos foram fechados e junho 360.

O estoque de trabalhos com carteira assinada no município, que iniciou o ano com 9.158 postos de trabalho em janeiro, caiu para 6.718 em junho. Apesar dessa retração, nas últimas semanas pedidos voltar a fluir no setor industrial com a abertura gradativa do comércio nos grandes centros do pais. Com isso, algumas empresas voltaram a abrir fichas para contratação. O ritmo da retomada, no entanto, tem preocupado o setor.

Principal feira do setor de componentes da cidade foi cancelada, em razão das medidas de isolamento social, o que também deverá impactar o setor. Em 2019 a Seincc reuniu 110 expositores e recebeu mais de mil visitantes nos três dias de evento no Centro de Eventos. Ainda há dúvidas sobre a viabilidade da realização da principal feira do setor calçadista batistense, a Rodada de Negócios, que está agendada para o mês de novembro.

Situação nos municípios do Vale

Se a situação foi de agravamento da crise em São João Batista no mês de junho, para o município de Tijucas que conta com economia mais diversificada foi diferente. Apesar dos números discretos, ainda conseguiu fechar o mês com saldo positivo. Na soma entre demissões e contratações o município fechou positivo em 46 novas vagas.

O estoque também permaneceu estável com 12.549 postos em janeiro e 12.452 em junho. Nova Trento também fechou o mês positivo com saldo positivo de 17 vagas. Major Gercino fechou junho positivo em 17 postos de trabalho e Canelinha negativa em 31 vagas.

Obter novas postagens por e-mail:

Cadernos

Confira…



Fale conosco
redacao@jornaltijucas.com.br 
+554833330097

 

Leitores On Line

 

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE