Joinville registra mais duas mortes e se aproxima de 100 óbitos por coronavírus

Nesta quarta-feira, 96 pessoas estavam internadas nas UTIs exclusivas para pacientes com coronavírus

foto mostra o centro de triagem de joinville
Há mais de 3 mil casos ativo em Joinville em 22 de julho

(Foto: Prefeitura de Joinville/ Reprodução)

Joinville registrou mais duas mortes por coronavírus e, agora, totaliza 98 óbitos de moradores pela doença em um período de 120 dias. Os dados são baseados no sistema do Governo do Estado desta quarta-feira (22). Um homem de 54 anos, que morreu em 17 de julho, e uma mulher de 79 anos, que morreu nesta terça-feira (21), entraram nos dados estaduais.

No total, o Estado informou sobre a confirmação de 26 mortes por coronavírus em Santa Catarina nesta quarta-feira. Em Joinville, o número de óbitos em 22 dias de julho já superou todas as perdas dos outros três meses de pandemia na cidade: foram 54 mortes em julho, enquanto 44 pessoas faleceram entre 30 de março e 30 de junho.

A cidade se mantém como a que mais registrou casos confirmados e mortes pela doença — Blumenau, que é a segunda na lista do Estado, tem 3.772 diagnósticos; e Itajaí, que é a segunda em registro de óbitos, 73 mortes.

​”Hospitais estão no limite, precisamos cuidar mais”, diz campanha criada por Joinville e outras cidades da região​

Nos dados da Prefeitura de Joinville, nesta terça-feira havia ainda 3.006 pessoas com o vírus em Joinville. Destas, 177 estão nos hospitais da cidade, entre a rede pública e a rede particular. Nas enfermarias, 92 pessoas estão internadas com coronavírus, além de 59 que estão com sintomas mas ainda aguardam o resultado dos exames dentro da área exclusiva para Covid-19.

Nos leitos de UTI exclusivos para pessoas com coronavírus, há 96 pessoas internadas. Destas, 85 já tiveram teste positivo para Covid-19, dez aguardam resultado do exame e uma pessoa já teve resultado negativo para coronavírus, mas ainda não foi transferida para outra unidade. O Hospital Regional Hans Dieter Schmidt atingiu 100% da ocupação das UTIs Covid e, no Hospital São José, apenas um dos 40 leitos exclusivos para pacientes com a doença estava disponível até a noite desta quarta-feira.

O Hospital da Unimed, que atende pacientes deste convênio particular, abriu novas vagas após chegar a 100% de ocupação e, agora, tem 29 leitos exclusivos. Nesta quarta-feira, havia 29 pessoas internadas na UTI da Unimed. No Hospital Dona Helena, que tem 24 leitos, a ocupação está em 50% e no Hospital Geral de Joinville não há pacientes internados com coronavís na UTI.

Com Agências