Joinville anuncia medidas de restrição nesta terça; grupos de risco, uso de máscaras e mirante estão na lista

A prefeitura de Joinville vai determinar nesta terça-feira uma série de medidas restritivas para reforçar o enfrentamento da pandemia. A maior testagem nas últimas semanas ampliou a confirmação de mais casos de coronavírus. 

O índice de ocupação dos leitos de UTI, um importante sinal de alerta, chegou a 64%, o mais alto desde o início da pandemia. A redação final do decreto será feita na manhã desta terça-feira, mas parte das medidas já está encaminhada.

O uso obrigatório das máscaras nas ruas já está decidido, falta definir se a utilização será somente para grupos de risco ou para toda a população. Hoje a obrigação é nos locais fechados de acesso ao público, espaços compartilhados de trabalho e transporte de passageiros. Nas ruas, existe a recomendação. Não haverá previsão de multa, mas sim de reforço na fiscalização.

Há a intenção de reduzir o deslocamento de pessoas integrantes de grupos de risco, com impedimento de acesso a locais específicos. Hoje, a proibição existe para idosos, um dos contingentes integrantes dos grupos de risco, no transporte coletivo. Esse é um dos temas a serem ainda com decisões a serem tomadas.

O acesso ao Mirante do Boa Vista e aos parques e praças deverão ser fechados, em uma forma de evitar aglomerações. Pelo mesmo motivo, evitar concentração de pessoas, poderão ser adotadas medidas restritivas em determinadas atividades econômicas nos finais de semana, principalmente à noite. O transporte coletivo não será afetado pelas pacote de medidas.

Detalhes do decreto sobre mais restrições em Joinville serão finalizados nesta terça