Integrantes da CPI dos Respiradores acreditam que Moisés mentiu ao responder as perguntas da comissão

O deputado estadual, Ivan Naatz (PL), relator da CPI dos Respiradores na Assembleia Legislativa, disse que, depois de quase duas horas de reunião interna na manhã de hoje, os deputados integrantes da Comissão concluíram que o governador, Carlos Moisés da Silva (PSL), ao responder ao questionário de 15 perguntas encaminhado pela CPI, faltou com a verdade. “As consequências dessa atitude serão objeto do relatório final que será apresentado pela comissão até meados de agosto”, disse.

O relator já havia antecipado na reunião de terça-feira, que as respostas do governador comparadas a  análise das datas e suas afirmações nas coletivas diárias de informes sobre o combate ao Coronavírus no Estado, bem como em alguns documentos,  fortalecem o entendimento de que Moisés tinha total conhecimento da situação envolvendo a compra dos 200 respiradores, com pagamento antecipado de R$ 33 milhões e que acabaram não sendo entregues.

Vale lembrar que no mesmo dia em que as respostas chegou a Alesc, divulguei algumas das contradições. Na coluna do dia seguinte, apresentei a “cronologia da mentira”, ao comparar as respostas enviadas pelo governador, comparando com as lives, documentos e fatos.

Amanhã a partir das 11h, o deputado Ivan Naatz participará do debate do SCemPauta. O programa vai ao ar todas as segundas e sextas-feiras, sempre a partir das 11h, com a participação de Maria Helena, Adelor Lessa, Ananias Cipriano e eu, Marcelo Lula.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.