Instituto adia primeira fase de concurso da Sejuc para agente penitenciário em RR


Prova objetiva seria aplicada em 27 de setembro. Instituto AOCP justificou a pandemia de coronavírus como motivo da mudança. Secretaria de Justiça e Cidadania de Roraima
Alan Chaves/G1 RR
A primeira fase do concurso para agente penitenciário da Secretaria de Justiça e Cidadania de Roraima (Sejuc) foi adiada em razão da pandemia de coronavírus. O comunicado foi publicado no site do Instituto AOCP nesta segunda-feira (15).
De acordo com o instituto, os candidatos devem ficar atentos “às futuras publicações referente ao certame, previstas para acontecerem na data provável de 08 de outubro de 2020”.
O concurso foi divulgado em 22 de junho, quando Roraima registrava 10.340 infectados casos de infectados e 250 mortes causadas pelo coronavírus.
Na primeira fase, os candidatos deveriam passar pela aplicação de prova objetiva em 27 de setembro.
A avaliação seria composta de 50 questões distribuídas em língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, informática e conhecimentos específicos. Cada questão da prova objetiva terá cinco alternativas, sendo apenas uma alternativa correta.
Vagas
As 423 vagas são para: 296 para homens, 85 para mulheres, 33 para homens com deficiência (PcD) e 9 para mulheres com deficiência (PcD).
Conforme o edital, para o teste de aptidão física serão classificados 1184 homens e 340 mulheres na ampla concorrência, e 132 e 36 das vagas para Pcd. Os servidores atuarão em unidades prisionais do estado.
O concurso terá cinco fases: prova objetiva, teste de aptidão física, avaliação psicológica, exame toxicológico, investigação social e curso de formação profissional.
Para concorrer a uma vaga é necessário ter concluído o ensino médio e possuir Carteira Nacional de Habilitação de categoria mínima AB. O edital tem validade de dois anos a contar da data de homologação do certame.
Leitores On Line