INSS: Perícias médicas são retomadas aos poucos; veja situação pelo país

Segundo o órgão, 202 peritos médicos federais compareceram aos postos de trabalho em 86 agências espalhadas pelo país. Os atendimentos presenciais de perícia médica do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retornam lentamente após inspeções para validação da categoria a agências do órgão. Há uma semana, um cabo de guerra entre governo e os médicos peritos paralisou o atendimento que deveria ser retomado no dia 14.
Na noite desta segunda-feira (21), a Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP) divulgou uma lista de 87 agências “aptas” e “aptas com restrições” para retomada as atividades médicas com segurança. Naquelas com restrições, há pendências que não impedem o funcionamento mas não permitem plena atividade da agência, como consultórios interditados ou equipamento em falta. Veja a lista das agências aprovadas.
Entenda a queda de braço entre o INSS e os médicos peritos
Atendimento presencial do INSS: entenda os serviços disponíveis, como ser atendido e documentos necessários
Retomada de atendimento presencial do INSS tem filas e reclamações pelo país
Na última semana, o INSS publicou uma convocação para que os médicos voltassem ao trabalho nas agências consideradas adequadas, sob pena de desconto na remuneração. Eram esperados 486 peritos nesta segunda, mas apenas 149 que se apresentaram, 30,6% do previsto.
Nesta terça, 202 peritos médicos federais compareceram aos seus postos de trabalho nas agências do INSS, segundo dados do órgão. Até 9h45, foram realizadas 1.071 perícias presenciais, em 86 agências. Havia agendamento em 148 delas.
“A partir de amanhã (23), 201 agências terão perícias agendadas. O total, portanto, de agências aptas é 201. Há 486 peritos que deveriam ter retornado ao trabalho nesta terça-feira”, diz o INSS.
Além disso, uma nova portaria autoriza a remarcação de perícia médica agendada e não realizada através do telefone 135 do INSS. A remarcação será permitida “nos casos de não comparecimento do usuário na data agendada ou em que não foi possível a realização do atendimento” na data previamente agendada.
“A perícia médica será remarcada para o local de atendimento inicialmente agendado”, diz o texto.
Veja abaixo a situação das agências em alguns locais pelo país:
Distrito Federal
Agência do INSS em Taguatinga, no DF, reabre com número reduzido de médicos peritos
As agências do Distrito Federal retomaram o serviço de perícia médica nesta terça-feira (22), após nove dias de suspensão. O efetivo de peritos no início da manhã foi reduzido e a busca por atendimento gerou filas.
Os atendimentos voltaram após a vistoria da Associação Nacional de Médicos Peritos (ANMP), na segunda (21).
O DF possui seis unidades do INSS, sendo que duas agências realizam a perícia médica. Os postos funcionam de 7h às 13h. Em uma delas, no Setor Comercial Sul, apenas 16 dos 39 médicos peritos haviam comparecido ao trabalho, até as 8h.
Rio Grande do Sul
Usuários do INSS com agendamento são atendidos para perícia em Porto Alegre
Seis agências do INSS no Rio Grande do Sul foram liberadas para a realização de perícias nesta terça-feira (22). São elas Porto Alegre (Partenon), Canoas, Lajeado, São Leopoldo, Ijuí e Frederico Westphalen.
Na segunda-feira, a agência do bairro Partenon, que fica localizada na Avenida Bento Gonçalves, em Porto Alegre, estava programada para abrir. Uma fila com cerca de 70 pessoas aguardava em frente ao local para realização de perícias que estavam agendadas desde a última semana. Porém, a vistoria da ANMP programada para às 7h atrasou e o local não abriu as portas.
O gerente executivo do INSS em Porto Alegre, Claiton Pereira Soares, destaca que as pessoas que tinham horário marcado e não conseguiram atendimento devem remarcar pelo 135 ou pelo site.
Bahia
As perícias médicas voltaram a ser feitas em quatro agências em Salvador nesta terça-feira (22) e em outras quatro unidades do órgão, nas cidades de Teixeira de Feitas, Ipiaú, Itamaraju e Ilhéus, no sul da Bahia. Em Barreiras, no oeste baiano, as perícias voltaram na segunda (21).
Todas as unidades passaram por vistoria na segunda. Na capital, apenas a agência do Comércio não foi autorizada a funcionar por ser considerada inapta ao atendimento, por causa da pandemia da Covid-19. No interior do estado, Dias D’Ávila também não pôde retomar serviço. Veja a lista aqui.
VÍDEOS: Últimas notícias de Economia

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line