Inflação da zona do euro é confirmada em 0,3% em junho sobre mesmo mês do ano anterior

Taxa permanece bem abaixo da meta do Banco Central Europeu. Os preços ao consumidor na zona do euro subiram ligeiramente em junho, enquanto o núcleo da inflação que exclui componentes voláteis enfraqueceu, informou nesta sexta-feira (17) a agência de estatísticas da União Europeia, confirmando estimativas anteriores.
A Eurostat disse que a inflação anual nos 19 países que usam o euro avançou 0,3% em junho após alta de apenas 0,1% em maio, em linha com a estimativa anterior da agência divulgada em 30 de junho. Ainda assim, a inflação permanece bem abaixo da meta do Banco Central Europeu de abaixo mas perto de 2% no médio prazo.
Os preços de alimentos, álcool e tabaco subiram em termos anuais 3,2%, enquanto os do setor de serviço tiveram alta de 1,2% em junho. Essas leituras compensaram a queda de 9,3% nos preços de energia.
Países da zona do euro se mobilizam para superar fase ruim da economia
Excluindo energia e alimentos não processados, o núcleo da inflação acompanhado pelo BCE subiu 1,1% em termos anuais, de 1,2% em maio, mostraram os dados da Eurostat.
Na comparação com o mês anterior, a inflação na zona do euro também foi de 0,3% em junho.

Com Agências