IFPE anuncia retorno do semestre 2020.1 de forma remota a partir de 17 de agosto


Segundo o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco, cada um dos 16 campi terá autonomia para definir retomada com menor impacto possível aos alunos. Campus Recife do IFP fica no bairro do Curado, Zona Oeste do Recife

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) anunciou a retomada das aulas do semestre 2020.1, de forma remota, a partir do dia 17 de agosto. Em nota divulgada nesta segunda-feira (20), disse que fez diversas ações para viabilizar o ensino nos 16 campi e dez polos de educação a distância, respeitando as especificidades de cada região e da situação dos alunos. Com isso, cada unidade terá autonomia para voltar às atividades na pandemia da Covid-19.

O IFPE afirmou que tem estudantes de realidades e áreas diversas, como quilombolas, indígenas e de zona rural. Por causa disso, o calendário acadêmico será adequado e construído em cada campus, para minimizar os impactos aos alunos. Reuniões virtuais foram feitas com professores, líderes de turma, pais e responsáveis pelos discentes.
Cada campus precisa fazer a ambientação dos estudantes e a revisão de conteúdos já oferecidos antes da suspensão das atividades presenciais devido à pandemia do novo coronavírus. As medidas serão avaliadas periodicamente pela gestão pedagógica de cada campus e da Diretoria de Educação a Distância.
O IFPE informou, ainda, que o retorno das atividades de forma remota não deve ser considerado como educação a distância e, por isso, a distribuição de material didático e a proposição de atividades que não ocorram ao mesmo tempo, por exemplo, também são compreendidas como atividades remotas.
Ainda segundo o IFPE, mais de 900 professores foram capacitados em ferramentas para educação virtual e, para estudantes em situação de vulnerabilidade social, 11.383 kits de alimentos foram distribuídos ou estão em processo de distribuição.
A instituição também disse que 21 protocolos foram construídos por profissionais de diversas especialidades para, quando for seguro retomar as atividades presenciais, garantir a segurança da comunidade acadêmica.
Por fim, o IFPE informou que, desde a suspensão das aulas, foram oferecidos 128 cursos de extensão e 1.080 vagas em cursos de formação inicial e continuada, todos a distância e abertos à comunidade. “Congressos, seminários, palestras, mostras e oficinas ocorreram e continuam a ser promovidos em toda a instituição, buscando a aproximação com os estudantes”, disse em nota.
UFRPE
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) fica na Zona Norte do Recife

A suspensão das aulas da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) ocorreu em 16 de março. Na sexta-feira (17), a instituição de ensino anunciou que vai implementar, a partir de agosto, um Período Letivo Excepcional (PLE), com dez semanas de aulas remotas para manter as atividades durante a pandemia. Também haverá auxílio financeiro de até R$ 1.380 para estudantes em situação de vulnerabilidade social.
UFPE
Reitor da UFPE fala sobre retomada das aulas dos cursos de graduação de forma remota
A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) definiu que as atividades de graduação serão retomadas no dia 17 de agosto, de modo remoto, e os estudantes em vulnerabilidade terão apoio da instituição (veja vídeo acima). A pós-graduação, bem como mestrado e doutorado, já voltou aos trabalhos, também de forma remota.
Covid-19 em Pernambuco
Pernambuco ultrapassa 80 mil casos confirmados e 6 mil óbitos de Covid-19
Pernambuco chegou a 80.115 infectados e 6.036 óbitos causados pela Covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com o boletim da Secretaria Estadual de Saúde, foram registrados, nesta segunda-feira (20), 663 novas infecções e 52 óbitos provocados pela doença

Com Agências