HORA DA DECISÃO: Rosenvaldo Júnior (PSB) será o entrevistado desta quarta-feira na série especial com candidatos à prefeitura de Imbituba

O Portal AHora passou a exibir nesta segunda-feira (26) a série diária de entrevistas, todas traduzidas para libras respeitando a acessibilidade, com os cinco candidatos à prefeitura de Imbituba nas Eleições 2020. São densas sabatinas, com 1 hora de duração cada programa, explorando dos pretendentes tudo o que você precisa saber para melhor escolher o gestor do município para os próximos quatro anos. E nesta quarta-feira (28), o entrevistado, a partir das 21 horas, será o atual prefeito e candidato à reeleição, Rosenvaldo da Silva Júnior (PSB).
Nesta segunda-feira foi a vez da professora Tânia Ferreira, do Partido dos Trabalhadores (PT), cujo vice é o também professor e maestro João Silveira, o Janga. Já nesta terça (27), a entrevistada foi a também professora Michela Freitas (PSDB), que tem como vice o empresário Cadir Garbelotto Cargnin
.
Médico e atual prefeito, Rosenvaldo Júnior é o entrevistado desta quarta-feiraE nesta quinta-feira (29), no mesmo horário, às 21h, conheceremos as propostas  e respostas do advogado Christiano Lopes de Oliveira (PSD). Já na sexta-feira (30), no último programa da série, será a vez da entrevista completa com a empresária Adriana Lumma (PSL), também às 21h.
A iniciativa faz parte do projeto de fortalecimento da democracia, que terá também desmentidas de fake news caso seja necessário, reportagens especiais e uma cobertura especial, direto das zonas eleitorais,  da apuração dos votos no dia 15 de novembro, além da comemoração dos eleitos.
Na série de entrevistas que vão estar disponíveis no Facebook e YouTube do Portal AHora a partir desta segunda, os candidatos responderão perguntas “indigestas” ao serem sabatinados por cerca de uma hora pelo jornalista Cleber Latrônico, repórter e chefe de redação do AHora.
O eleitor imbitubense irá conhecer todas as propostas de cada candidato nas áreas de Saúde, Saneamento, Infraestrutura e Urbanismo (Plano Diretor, liberação e fiscalização de obras de Mobilidade e Acessibilidade…), Educação, Empregos, Meio ambiente, Economia e Desenvolvimento Sustentável, Turismo, Comércio, Cultura, Esporte, Combate à Corrupção, Cargos comissionados x Valorização do servidor de carreira, Transporte Público e Assistência Social.
A ordem das entrevistas foi definida por sorteio e a série foi toda gravada nesta quarta-feira (21), respeitando  todos os protocolos de segurança para evitar a disseminação do coronavírus.
CONFIRA A ENTREVISTA COM A CANDIDATA MICHELA FREITAS (PSDB)

CONFIRA A ENTREVISTA COM A CANDIDATA TÂNIA FERREIRA (PT)

Com as novas medidas diante da pandemia do coronavírus, preparamos um guia com tudo que você precisa saber para votar nas eleições 2020

O que muda nas eleições 2020?
Os brasileiros vão retornar às urnas em novembro para eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores e devem tomar os cuidados necessários para evitar a contaminação pela covid-19. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elaborou uma série de medidas que devem ser respeitadas nos dias do pleito.
Os eleitores só poderão entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras. O uso deverá ser feito em todo o percurso, até chegar à seção eleitoral. Não será permitido se alimentar, beber ou realizar qualquer ato que exija a retirada da máscara.
As mãos deverão ser higienizadas com álcool em gel antes e depois de votar. O produto será disponibilizado nos locais de votação. O TSE recomenda que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação.
A distância de um metro entre as demais pessoas que estivem na sala também deverá ser mantida. Serão feitas marcações no chão com adesivos para indicar o distanciamento correto. O processo de identificação por biometria não será usado nas eleições deste ano para evitar a contaminação.
A Justiça Eleitoral recomenda que os eleitores que estiverem com sintomas de covid-19 não devem comparecer ao local de votação. A justificativa de falta não será feita presencialmente para evitar aglomerações. Pelo aplicativo e-Título, que pode ser usado em qualquer smartphone, será possível fazer a justificativa sem sair de casa.
Horário de votação
O tempo da votação foi ampliado em uma hora neste ano. As seções ficarão abertas das 7h às 17h. Das 7h às 10h será mantido um horário preferencial para que pessoas com mais de 60 anos possam votar. Nas eleições passadas. a votação começava às 8h e terminava às 17h.
Dia da votação
O TSE elaborou um passo a passo sobre a movimentação que deve ser feita pelo eleitor dentro da seção de votação. O fluxo será orientado pelos mesários.1 – O eleitor entrará na seção eleitoral e deverá se posicionar na frente do mesário, seguindo o distanciamento de um metro, conforme marcação no chão;2 – Sem contato com o mesário, o eleitor vai erguer o braço e mostrar seu documento oficial com foto;3 – O mesário vai ler o nome do eleitor em voz alta e pedir que ele confirme se a identificação está correta;4 – O eleitor deve guardar seu documento;5 – O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel que será disponibilizado;6 – Em seguida, deverá assinar o caderno de votação com sua própria caneta.7 – Neste momento, o eleitor receberá seu comprovante de votação;8 – O eleitor será autorizado pelo mesário para ir até a cabine de votação;9 – O eleitor deverá digitar o número de seus candidatos na urna eletrônica e apertar a tecla confirma após cada voto para encerrar a votação.10 – O eleitor deverá higienizar as mãos novamente com álcool em gel e deverá se retirar da seção eleitoral.
Devido à pandemia de covid-19, o Congresso promulgou emenda constitucional que adiou o primeiro turno das eleições deste ano de 4 de outubro para 15 de novembro. O segundo turno para as maiores cidades, que seria em 25 de outubro, foi marcado para 29 de novembro.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line