Grupo faz protesto contra prisão de suspeitos de participação em série de roubos, em Campinas


Protesto incluiu 25 carros e 15 motos. De acordo com a Emdec, não houve interdição na via. Grupo realiza passeata em protesto a liberdade de dupla presa em Campinas (SP)

Um grupo realizou uma carreata na noite desta segunda-feira (20), na região central de Campinas (SP), em protesto à prisão de uma dupla de suspeitos após uma série de roubos e tentativas de assalto na última sexta-feira (17).
Segundo a Emdec, o protesto teve início nas imediações do Círculo Militar de Campinas, e terminou no Palácio da Justiça, onde aconteceu uma manifestação.
De acordo com a irmã de um dos suspeitos, o grupo considera a prisão injusta e se reuniu em frente ao Palácio da Justiça com cartazes pedindo pela liberdade da dupla enquanto realizavam orações.
Ainda de acordo com a Emdec, não houve interdição de nenhuma via durante o protesto. Segundo a Polícia Militar, o protesto foi pacífico e monitorado pela Guarda Municipal.
O G1 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), mas não teve retorno até esta publicação.
O caso
Dois suspeitos foram presos após uma série de roubos e tentativas de assalto que causaram a morte de uma vítima e deixaram pelo menos outras três baleadas em Campinas (SP). Ao todo, oito carros e uma moto foram alvos de crimes, segundo a Polícia Militar Rodoviária.
Apos tentativas frustradas de roubo, os homens tentaram fuga a pé. Os policiais conseguiram identificar dois homens que andavam perto da Rodovia Santos Dumont (SP-75) e que tinham características semelhantes às descritas por parte das vítimas. A dupla estava desarmada e foi detida.
Segundo a polícia, os motoristas de dois veículos e um passageiro reconheceram os suspeitos como autores da série de crimes. O reconhecimento ocorreu no Hospital Municipal Ouro Verde, onde parte das vítimas estava internada.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.