Governo do Paraná anuncia investimento de R$ 1,6 bilhão em segurança e obras de infraestrutura


Maior obra do pacote será em Matinhos, com R$ 512 milhões para a revitalização da orla; melhorias em estradas rurais, na BR-277 e viaduto de São José dos Pinhais foram anunciados. Governador Ratinho Júnior anunciou as obras para o estado, nesta terça-feira (16), em Curitiba
RPC/Reprodução
O governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), anunciou, nesta quarta-feira (16), o investimento de R$ 1,6 bilhão em grandes obras de infraestrutura e na área de segurança pública do estado.
A maior das obras do pacote será a revitalização da orla de Matinhos, no litoral do estado, com investimento de R$ 512 milhões, segundo o governo.
O projeto prevê o aumento da orla e da faixa de areia, ciclovias, novas calçadas com acessibilidade, iluminação e criação de passarelas nas áreas de restinga. A expectativa do governo é que ela seja licitada ainda em 2020 e comece a ser executada em 2021.
“É o maior investimento da história do Paraná para o litoral paranaense. É para melhorar o IDH, buscar levar investimento, sempre cuidando da preservação com projetos sustentáveis, que é o caso desse projeto da orla de Matinhos. Ele melhora a parte estética da região, mas o mais importante é o que está debaixo da terra, que são a macro e microdrenagens que nós vamos fazer. O projeto já está pronto, que evita que água de esgoto vá para o nossos rios, evita enchentes”, disse o governador.
O governo afirmou que a obra da orla de Matinhos será realizada. Diferentemente de projetos anunciados em outras gestões, segundo o estado, a melhoria ocorrerá de fato e o dinheiro para isso já está disponível em caixa. Ela não deve começar a ser executada nesta temporada e não há prazo para ser finalizada.
Orla de Matinhos receberá o maior investimento do pacote anunciado
Arquivo pessoal/Almir Alves
Investimentos
O governo anunciou ainda um viaduto em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, para melhorar o trânsito na região da BR-376.
Segundo o governo, haverá também investimento na segurança pública, com a compra de câmeras de monitoramento melhores, mais modernas e com a integração de sistemas.
Os investimentos de R$ 1,6 bilhão são de contratos assinados com a Caixa Econômica Federal e com o Banco do Brasil. O governo do Paraná terá o prazo de 15 anos para pagar os empréstimos.
De acordo com o governo, a expectativa é de que as obras do pacote, que estão com os projetos prontos, sejam licitadas nos próximos meses para serem executadas em 2021.
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Leitores On Line