Governo de Minas cria protocolo para retomada gradual do trabalho presencial


Regras foram publicadas no Diário Oficial do estado nesta terça-feira (15). Cidade administrativa de Belo Horizonte
Danilo Girundi/TV Globo
O governo de Minas Gerais criou um protocolo para a retomada gradual do trabalho presencial em órgãos, autarquias e fundações do Executivo. As regras foram publicadas no Diário Oficial, nesta terça-feira (15), em uma deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19.
Segundo o novo protocolo, o retorno das atividades vai ocorrer, gradualmente, nos órgãos e nas entidades localizados em regiões classificadas na Onda Verde, do Plano Minas Consciente. Essa retomada deve priorizar os serviços que tiveram a prestação impactada negativamente durante o teletrabalho.
Essas regras foram publicadas um dia após o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Carlos Amaral, dizer que os números de casos de Covid-19 têm desacelerado nas últimas semanas. Segundo dados do governo do estado, as mortes também estão cada vez menos frequentes.
Para o retorno das atividades presenciais, medidas para prevenção ao coronavírus deverão ser tomadas. A quantidade de servidores que poderá prestar serviço simultaneamente deverá levar em conta a capacidade do espaço físico, respeitando o distanciamento.
Também fazem parte das ações o uso obrigatório de máscaras e a aferição de temperatura na entrada dos órgãos.
O horário de início e término da jornada presencial dos servidores poderá ser alterado, dentro do período das 7h às 19h, mantendo o cumprimento da carga horária diária. Também poderá haver revezamento entre os servidores que desempenharão as atividades de forma presencial.
Ainda de acordo com o protocolo, terão prioridade para a manutenção do trabalho remoto servidores com mais de 60 anos, portadores de doenças do grupo de risco, além de gestantes e lactantes.
Leitores On Line