GM oferece carro zero a funcionário que pedir demissão

A crise provocado pela pandemia do novo coronavírus está levando empresas a buscar soluções criativas e agressivas para contornar seus desafios. No caso da General Motors no Brasil, a montadora anunciou seus planos para evitar demissões em massa, e elas envolvem até a entrega de um carro modelo Onix para alguns funcionários que aderirem a um programa de demissão voluntária.

Funcionários da General Motors reparam ventiladores em meio à crise do coronavírus no Brasil. (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

O plano busca responder à ociosidade de suas cinco plantas no Brasil, em São Caetano do Sul, Mogi das Cruzes, São José dos Campos (SP), Gravataí (RS) e Joinville (SC). Estima-se que as fábricas empreguem atualmente cerca de 18 mil pessoas.

Inicialmente, o acordo com sindicatos para suspensão temporária de contratos será ampliada até novembro, com possibilidade de nova extensão, até abril de 2021. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Segundo o jornal, os trabalhadores de São Caetano e Gravataí já aceitaram a proposta, enquanto nas outras, ainda ocorre votação.

O programa de demissão voluntária valerá apenas para as fábricas de São Caetano e de São José, inicialmente. De acordo com a reportagem, os benefícios para quem aderir vão de 3,5 a sete salários extras por ano trabalhado, com possibilidade de manutenção de plano médico de um a dois anos. Funcionários que tiverem mais de 11 anos de casa poderão receber um automóvel modelo Onix Joy Black, avaliado em cerca de R$ 50,8 mil.

No caso de trabalhadores com até três anos de empresa, os incentivos não valem.

A GM também anunciou o congelamento de um plano de investimentos de R$ 1 bilhão até pelo menos 2024, para poupar recursos.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line