Gerente de supermercado relata pânico de funcionários agredidos por cliente que não quis usar máscara


Uma funcionária, grávida de sete meses, está hospitalizada por causa do estresse após a briga registrada em Sorocaba (SP). Cliente que se recusou a usar máscara dentro de supermercado agrediu funcionária com soco nas costas.
Reprodução/TV TEM
Funcionários do supermercado em Sorocaba (SP) que foi palco de uma briga causada por um cliente que não quis usar máscara ainda se recuperam do susto.
“Todos estão em pânico. Esperamos que eles consigam superar isso e que a gente não tenha mais problemas com este tipo de situação”, diz o gerente, Luiz Claudio Zaia.
O caso, que aconteceu no sábado (12), foi registrado pelas câmeras de segurança (veja abaixo). Um homem entra no estabelecimento sem máscara para falar com o amigo que estava no caixa. O funcionário do supermercado percebe que o cliente estava sem máscara e pede para que ele se retire, dando início ao tumulto, que durou cerca de 15 minutos.
Funcionários de supermercado apanham de cliente sem máscara
Depois de serem expulsos do mercado, os homens voltam, acompanhados de uma mulher, e começam a brigar novamente.
Os funcionários precisaram fechar o portão de ferro do mercado e usaram extintor e até uma mangueira de incêndio para afastar os clientes.
Funcionária de supermercado leva soco de cliente que se recusou a usar máscara; vídeo
O gerente disse que quatro funcionários machucados continuam afastados, entre eles uma mulher, grávida de sete meses, que precisou ser hospitalizada por conta do estresse.
“Um deles está afastado por fratura no dedo e não sabemos quando retorna. Demos férias para um colaborador que está muito assustado, outro pediu para ser demitido. Neste caso, demos a ele alguns dias para se acalmar e repensar. Uma colaboradora está grávida e precisou ser hospitalizada, ela aparenta estar bem e está tendo os acompanhamentos médicos por precaução, mas não sabemos quando terá alta”, explica.
Clientes se negaram a usar máscara dentro de mercado em Sorocaba (SP)
Reprodução
Dois homens de 36 e 41 anos e uma mulher de 31 foram detidos e levados ao Plantão Norte. Após serem ouvidos, eles foram liberados.
O uso de máscaras dentro do comércio e no transporte público é obrigatório em Sorocaba desde o dia 6 de maio. Empresas que não cumprirem o decreto estão sujeitas a penalidades, como multas ou suspensão de licença sanitária ou de funcionamento.
Uso de máscara dentro de supermercado vira caso de polícia em Sorocaba
*Colaborou sob supervisão de Geraldo Jr.
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Leitores On Line