Gasparense com doença muscular pede ajuda para manter estudos

Muitas pessoas estão sendo prejudicas financeiramente por conta da pandemia de coronavírus. Esse é o caso do jovem Alexsandro Nicolletti, de 29 anos. Morador do bairro Gasparinho, ele é portador de uma doença muscular e, diante do atual cenário econômico, precisa de ajuda para manter os estudos no curso tecnólogo de Segurança da Informação (SGI) na Uniasselvi.

De acordo com o jovem, seria muito frustrante precisar abrir mão desse grande sonho. “Estamos passando por um momento muito delicado. Sei que não está fácil para ninguém. Mas vou continuar correndo atrás. Peço ajuda de todos para não precisar tomar a triste decisão de trancar meus estudos. Afinal, não sei quando essa oportunidade vai bater na minha porta novamente”.

Alexsandro publicou seu depoimento nas redes sociais, onde recebeu o apoio de amigos e familiares. Então, ele criou uma vaquinha virtual (https://bit.ly/3gga5UC) com o intuito de arrecadar fundos para pagar a as mensalidades referentes a um semestre do seu  curso. Aos interessados em ajudar, basta acessar o link, se cadastrar e transferir qualquer valor em dinheiro.

O jovem

Alexsandro Nicolletti tem 29 anos e convive com uma deficiência física. Ele é portador de Distrofia Muscular de Duchenne, uma doença muscular que incapacita o seu organismo de produzir a proteína ‘distrofina’. Isso significa a perda de fibras musculares, com necrose e substituição por fibrose e tecido adiposo. O jovem é paratleta de bocha e representa o município de Blumenau.