Funcionários de escolas do Ceará poderão agendar testes da Covid-19 a partir de sexta


O documento especifica o passo a passo para o retorno gradual do funcionamento das escolas em todo o Estado, dividido em quatro etapas. Funcionários de escolas do Ceará poderão agendar testes da Covid-19 a partir de sexta
Divulgação/Sesa
Professores das redes pública e privada do Ceará poderão agendar teste da Covid-19 a partir de sexta-feira (25), em preparação ao retorno das aulas presenciais. Atualmente, apenas creches e escolas infantis estão autorizadas a manter aulas presenciais no Ceará; a partir de 1º de outubro, o serviço será ampliado para os seguintes anos letivos:
1º e 2º anos do ensino fundamental
9º ano do ensino fundamental
3º ano do ensino médio e educação profissionalizante
Educação de jovens e adultos (EJA)
“Os colaboradores e professores que estão vinculados aos trabalhos dessas séries e que vão voltar a trabalhar presencialmente, antes do retorno eles precisam ser testados para descartar a hipótese dos casos de coronavírus”, explica secretária-executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde, Magda Almeida.
Ensino remoto será mantido como opção durante volta às aulas no Ceará
Escolas poderão ofertar aulas presenciais para mais séries a partir de outubro
Ainda conforme a secretária, caso seja identificado algum teste positivo, será feito um monitoramento de pessoas que estiveram próximas à pessoa infectada, para evitar a proliferação da doença.
Os testes serão realizados na sexta-feira por ser uma data mais próxima ao retorno das aulas. “Não é possível de ser realizada com antecedência muito grande porque ele [o teste] perde o valor. Por isso que precisa de um tempo bem curto pra ser executado. Então a partir de sexta-feira (25), provavelmente, a gente vai abrir o agendamento para as escolas públicas estaduais e para as privadas para que eles realizem, em pontos especiais de coleta”, explica.
Protocolo de retorno
Mais de R$500 mil vão ser aplicados em compra de EPIs para volta às aulas
Um protocolo setorial para a retomada das atividades escolares presenciais no Ceará foi publicado nesta terça-feira (22) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). O documento descreve o passo a passo para o retorno gradual do funcionamento das instituições de ensino, que será dividido em quatro etapas.
As diretrizes são separadas por temas, como organização do espaço físico, condições sanitárias, transporte e acesso às escolas. As refeições deverão ser feitas dentro das salas de aula. A alternativa seria criar escalas para que os estudantes ocupem o refeitório, que deve ser higienizado entre a troca das turmas, “mantendo em qualquer situação o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os estudantes”.
As instituições de ensino também foram orientadas a adicionar barreiras físicas, como telas flexíveis de plástico, ou intercalar a utilização dos espaços – como as pias dos banheiros, por exemplo – quando as estruturas não permitirem distanciamento mínimo.
Equipamentos como os bebedouros também devem passar por uma adaptação. Nas escolas, serão utilizados somente como forma de encher garrafas pessoais. Próximo aos bebedouros, será disponibilizado álcool em gel 70% para possibilitar a limpeza de mãos antes e após a utilização.
“Deve ser priorizado e estimulado o uso de garrafas individuais, identificadas com nome e sobrenome, e disponibilizar copos ou garrafas com tampa, descartáveis ou não, para os alunos que não tiverem os materiais”, enfatiza a Sesa.
Outras recomendações incluem:
Organizar um escalonamento dos horários de entrada, saída, intervalo, banho (sistema integral ou outros), lanche e almoço das turmas para evitar aglomerações;
Disponibilizar tapetes ou similares com solução higienizante para limpeza dos calçados antes de adentrar à instituição de ensino;
Controlar o uso do banheiro na entrada e saída do aluno, com orientação de higienização das mãos;
Fornecer guias físicos, como fita adesiva no chão ou nas calçadas e placas nas paredes, para organizar o fluxo de pessoas e priorizar sentido único.
Covid-19 no Ceará
O Ceará tem 235.172 casos confirmados de Covid-19 e 8.848 mortes em decorrência da enfermidade, conforme dados da plataforma IntegraSUS, da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), atualizada às 10h01 desta terça-feira (22). O número de pessoas recuperadas chegou a 209.243.
Ainda estão sendo investigados 89.087 casos e 601 óbitos. Desde o início da pandemia, já foram notificados 724.783 casos da Covid-19. O Estado aplicou 726.643 testes para identificar o novo coronavírus.
Veja outras informações da plataforma:
A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 57,46%;
A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 31,38%;
A letalidade da doença no Estado é de 3,8%;
Ocorreram duas mortes pela Covid-19 nas últimas 24h.
Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.
Initial plugin text

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line