igreja
Cerca de 100 bombeiros foram enviados para conter incêndio

O funcionário responsável por trancar a catedral de São Pedro e São Paulo, atingida por um incêndio na manhã deste sábado (18) em Nantes, na França
, foi detido e interrogado pela polícia francesa neste domingo (19), menos de 24 horas após o início das investigações sobre o fogo.

Segundo a agência de notícias AFP, o funcionário, que não teve identidade revelada, não tem envolvimento com o crime confirmado até o momento, mas pode esclarecer algumas dúvidas dos policiais. Como o fogo foi iniciado em três pontos diferentes do templo ao mesmo tempo, a principal suspeita é de que ele tenha sido proposital.

O incêndio destruiu um órgão de 400 anos e vitrais datados do século 17. A igreja precisou ser fechada porque a plataforma na qual o órgão estava instalada corre risco de desabamento. A estrutura física da catedral foi salva após ação de cerca de 100 bombeiros. Uma vistoria deve ser feita pelos profissionais neste domingo.