O Rio deve começar a sentir nesta sexta (18) o impacto das queimadas no Pantanal, que arde em chamas há um mês. A aproximação de uma frente fria ao litoral do sudeste vai ajudar a transportar para a região parte desta fumaça, e o estado de São Paulo começa a sentir os efeitos já na quinta (17). No Rio, ela deve chegar no dia seguinte, começando por impactar o Sul fluminense e as serras.

De acordo com o mestre em Ciências Atmosféricas pela UFRJ e criador da página Caê, Vai Chover?, Caetano Mancini, “é provável que o céu fique mais escuro, em tons de cobre ou cinza” no fim de semana. Ele alerta para o impacto que a fumaça pode causar nas pessoas que sofrem com problemas respiratórios, já que a qualidade do ar vai estar comprometida pela concentração maior de dióxido de nitrogênio.

Como há previsão de algumas pancadas de chuva no fim de semana, é possível que a interação das gotas de água com o enxofre e o dióxido de nitrogênio presentes nas partículas das queimadas transforme a chuva a que estamos habituados numa chuva ácida, com pH alterado e de cor escura.