A Forbes explica que apurou os números em contato com agentes de jogadores, patrocinadores comerciais e especialistas em futebol nos Estados Unidos e na Europa. Os valores não incluem impostos. 

Continua após a publicidade