Floripa deve se transformar nos próximos meses na capital nacional do adultério político

Gean Loureiro (à esq.) e João Batista Nunes, vice-prefeito, receberam oficialmente os mandatos – Foto: Marco Santiago/ND

A aliança fechada anteontem que junta a família Amin, o arquinimigo deles Dário Berger e os volúveis tucanos, que ofereceram o vice prefeito atual de Floripa, João Batista Nunes, preterido por Gean Loureiro para a disputa da reeleição, em novembro,   para Ângela Amin, adversária na eleição passada, e que vai mais uma vez tentar voltar ao cargo, agora com ajuda de um adversário que, ainda no cargo, já trabalha contra quem o elegeu.

Infidelidade partidária explicita por trás da cortina, deixa muitos militantes  com vontade de cruzar os braços. É esperar pra ver.

Enquanto isso, a população não está mais nem aí.