Filho é preso suspeito de manter a mãe em cárcere privado em Foz do Iguaçu, diz polícia

Segundo a Polícia Civil, a vítima estava debilitada, com hematomas no rosto, e foi levada para o Hospital Municipal; local em situação de abandono ficava com as janelas fechadas cobertas por alumínio. Um homem, de 27 anos, foi preso suspeito de manter a mãe, de 52 anos, em cárcere privado, no Bairro Morumbi, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, segundo a Delegacia da Mulher.
Conforme a delegada Mônica Ferracioli, a vítima foi encontrada debilitada e em uma casa suja. Ela foi socorrida pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e levada para o Hospital Municipal, onde permanece internada.
Os policiais encontraram a vítima em situação de maus tratos, com hematomas no rosto. O suspeito disse à polícia que os hematomas na mãe eram de quedas que ela sofreu dentro da casa.
Segundo a polícia, a mulher estava seminua, em uma cama sem lençóis e suja de urina. As janelas estavam fechadas e cobertas por alumínio. O suspeito disse ser estudante de medicina.
A Polícia Civil divulgou as informações sobre o caso na noite de quarta-feira (1º), mas a prisão ocorreu na segunda-feira (29). O suspeito foi solto na terça-feira (30) e responde pelo caso em liberdade, segundo a polícia.
A polícia não divulgou o motivo pelo qual o suspeito mantinha a mãe em cárcere e o tempo que ela ficou presa.
De acordo com a investigação, a Polícia Civil chegou até o local após uma denúncia anônima e informações do Ministério Público do Paraná (MP-PR).

COM AGÊNCIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE