Ex-ministro da Educação, Weintraub agora dá aula na internet

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub está dando aulas na internet. As lições são publicadas em seu canal no YouTube, que tem mais de 200 mil inscritos. Até esta 3ª feira (18.ago.2020), duas aulas foram postadas.

Nos vídeos, Weintraub aparece em vários cenários, filma a si mesmo, dá “intervalos” aos alunos, comenta o clima e faz piadas.

A 1ª aula, intitulada “Qual é o objetivo da vida? As verdades que ninguém conta e o côncavo e o convexo” fez com que Weintraub fosse criticado nas redes sociais. A partir do minuto 8, o ex-ministro começa a explicar aquilo que considera como os absurdos da Constituição brasileira. Um deles seria “que o idoso tem direito à vida“. “Então, quando eu tiver 90 anos, eu contrato 1 advogado para processar o Estado e processar a morte? Você não pode garantir o direito à vida de uma pessoa que vai morrer“, diz o ex-ministro.

O vídeo, postado em 12 de agosto, já tem mais de 85.000 visualizações. Weintraub argumenta que teria diferenças entre “buscar a verdade e fazer uma grande arapuca que é isso que o Brasil se tornou“. Depois, fala sobre a teoria da microeconomia e como considera que 1 economista precisa pensar no sentido da vida.

Eis algumas reações à 1ª aula.

No 2º vídeo, postado em 13 de agosto e com 61.620 até o momento, Weintraub discorre sobre dinheiro. A aula é intitulada “O dinheiro traz felicidade? (me preparando para a chegada da família)“. Ele está nos Estados Unidos desde que saiu do comando da pasta da Educação. Ocupa agora o cargo de diretor-executivo do Banco Mundial.

Nas imagens, o ex-ministro aparece guardando compras, conta o cardápio que escolheu para receber a família e, entre outras coisas, conclui que “grandes quantidades [de dinheiro] a gente vai ver que não traz [felicidade]“.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line