EUA têm plano de distribuir vacina contra Covid-19 um dia após aprovação


As autoridades disseram que estão trabalhando para garantir que a vacina não tenha custos para os pacientes. Uma cientista pesquisa uma vacina para o novo coronavírus (Covid-19) em um laboratório em San Diego, Califórnia, nos EUA, em 17 de março
Bing Guan/Reuters/Arquivo
O governo dos Estados Unidos informou nesta quarta-feira (16) que vai começar a distribuir uma vacina contra Covid-19 um dia após autorização das agências reguladoras.
Autoridades do Departamento de Saúde e Serviços Humanos e do Departamento de Defesa participaram de uma entrevista coletiva e, em seguida, divulgaram documentos sobre os planos de distribuição.
Os governos estaduais e as autoridades locais de saúde pública estão recebendo as instruções.
O governo federal alocará vacinas para cada estado com base nas recomendações dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças sobre as populações críticas que devem ser vacinadas prioritariamente.
Vacina contra Covid-19 de laboratório dos EUA entra na última fase de testes
As diretrizes sugerem que o governo provavelmente seguirá amplamente as diretrizes geradas por um painel de especialistas independentes escolhido por autoridades de saúde dos Estados Unidos para definir quais cidadãos priorizar enquanto o fornecimento de vacinas é limitado.
O documento, chamado de Manual Intermediário do Programa de Vacinação contra Covid-19, apontou que as doses limitadas da vacina podem estar disponíveis no início de novembro de 2020 se for autorizada até então, mas esse fornecimento deverá aumentar substancialmente em 2021.
As autoridades também disseram que estão trabalhando para garantir que a vacina não tenha custos para os pacientes.
Leitores On Line