Estudantes da Serrinha ganham medalhas em desafio internacional sobre a quarentena

Em Florianópolis, a Escola Básica Municipal José Jacinto Cardoso, na comunidade da Serrinha, foi premiada com medalhas de prata e bronze no “Desafio Latinoamericano Emprenday”, organizado pela Sociedade Latinoamericana de Ciência e Tecnologia- Solacyt, com sede no México. Estabelecimentos de ensino de 10 países produziram trabalhos em torno do temas Ciência, Tecnologia, Quarentena e Coronavírus”.

Dentro desses temas, era possível escolher uma entre sete categorias de participação: animação, artigo científico, ciências aplicadas, conto científico, habilidades lógicas, pôster temático e programação.

A categoria escolhida de três estudantes da escola municipal da capital catarinense foi “Conto Científico”. A garotada decidiu falar um pouco sobre como eles estão passando esses dias de quarentena devido à pandemia do Coronavírus e quais são suas expectativas para o futuro.

Nycolas Castelani Batista, do quarto ano, e Saywa Aza Bejarano, do quinto ano, optaram pelo formato história em quadrinhos, enquanto Nathalia Trindade Ribeiro, também do quinto ano, escreveu um poema. O colombiano Saywa redigiu o texto em espanhol. Os demais, em português.

A premiação consiste no certificado digital de medalhista, uma bolsa de estudos para um curso na área de tecnologia oferecido pela empresa Solidworks e a possibilidade de publicação do trabalho em revista internacional.

Os trabalhos foram realizados na casa dos estudantes e orientados via plataformas digitais pelas professoras Vanessa de Oliveira, de espanhol, e Giselle Medeiros, de tecnologia educacional.

– Salientamos que os pais e mães desses estudantes foram fundamentais em todo o processo, nos auxiliando no cadastro, no envio dos projetos e motivando seus filhos a participarem -, frisou Vanessa de Oliveira.

Receberam menção honrosa os estudantes Gabriel Souza, Gabriela do Nascimento, Isabela Leandro, Jhemily Hawane, Maria Eduarda Coelho, Rafael Duarte, Rayssa Silva, Sthefany Ribeiro e Thiago Ruan de Souza. A professora Giselle Medeiros salienta que “esses estudantes igualmente enviaram excelentes trabalhos para esse desafio”.

Segundo Vanessa de Oliveira, as professoras regentes das turmas também foram fundamentais na empreitada, tanto no contato com as famílias dos estudantes, quanto no incentivo à participação de todos.

O desafio, patrocinado pela iniciativa privada, reuniu escolas da Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guatemala, México, Paraguai, Perú e Estados Unidos. A competição contou com 1072 participantes inscritos em 874 projetos nas mais diversas categorias.

Conforme o secretário de Educação de Florianópolis, Maurício Fernandes Pereira, o estímulo aos estudantes em participações de eventos como o Solacyt é uma das marcas da rede municipal de ensino.

– Parabéns aos nossos estudantes, familiares e equipe da Escola José Jacinto pelo resultado -, comemorou o secretário.

MEDALHA DE PRATA
Saywa Aza Bejarano – Categoria – Conto científico /Quadrinhos:  “La Quarentena” ( Turma 52)
Nycolas Castelani Batista –Categoria – Conto científico /Quadrinhos: “Quarentena” (Turma 42)

MEDALHA DE BRONZE
Nathalia Trindade Ribeiro – Categoria – Conto científico /Poema: “Quarentena” (Turma 51)

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.