Estado de SP mantém tendência de estabilidade na média móvel de mortes por Covid-19; total de óbitos chega a 33,9 mil


Foram registrados 3.627 novos casos e 25 novas mortes nas últimas 24h. Por conta do atraso nas notificações, os números costumam ser menores aos finais de semana e segundas-feiras. Covas recém ocupadas no cemitério da Vila Formosa durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em São Paulo, no Brasil, em 6 de agosto de 2020.
Andre Penner/AP
O estado de São Paulo registrou neste domingo (20) 25 novas mortes provocadas pelo coronavírus em 24 horas, chegando ao total de 33.952 óbitos desde o início da pandemia.
A média móvel de mortes, que leva em consideração os registros dos últimos 7 dias e minimiza as diferenças das notificações, é de 192 óbitos por dia neste domingo. A variação foi de -1% em comparação ao valor registrado há 14 dias, o que para os especialistas indica tendência de estabilidade. Como o cálculo da média móvel leva em conta um período maior, é possível medir de forma mais fidedigna a tendência da pandemia.
Desde segunda-feira (14) o estado de SP retornou à estabilidade após uma semana com tendência de queda. Os novos registros voltaram a subir após o feriado prolongado de 7 de setembro.
O estado chegou a permanecer por mais de três meses ininterruptos com a média diária de mortes acima de 200 por dia, o chamado platô de estabilidade no ponto mais alto da curva epidemiológica.
Veja os novos registros no estado de SP nas últimas 24 horas:
25 novas mortes
3.627 novos casos
Veja o total no estado de SP desde o início da pandemia:
33.952 mortes
935.300 casos confirmados
De acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde, também foram registrados 3.627 casos da doença nas últimas 24 horas, totalizando 935.300 casos confirmados do novo coronavírus desde o início da pandemia. A média móvel de casos diários está em 6.149 neste domingo.
O número de casos inclui resultados positivos em exames laboratoriais para Covid-19, tanto do tipo rápido, que verifica apenas a presença de anticorpos, quanto o que analisa a presença do vírus no organismo – o chamado exame RT-PCR.
As novas confirmações em 24 horas não significam, necessariamente, que as mortes e casos aconteceram de um dia para o outro, mas que foram contabilizadas no sistema neste período. Os números costumam ser menores aos finais de semana e segundas-feiras.
Initial plugin text