Espaço de acolhimento a sem-teto reabre nesta quarta-feira, na Serraria Souza Pinto, em BH


No local, pessoas têm acesso a banho, alimentação, cobertores, máscaras, álcool em gel e outros serviços sociais. O espaço de acolhimento a pessoas sem-teto na Serraria Souza Pinto, no Centro de Belo Horizonte, reabre nesta quarta-feira (16).
A área, que esteve aberta desde junho até final de agosto, foi desativada após o fim de uma parceria com um agente privado.
Agora, as portas abrem por causa de um acordo entre a Pastoral de Rua e a Prefeitura de Belo Horizonte.
Na Serraria Souza Pinto, a população sem-teto tem acesso a banho, alimentação, cobertores, máscaras, álcool em gel e outros serviços sociais.
Dados
Em dezembro de 2019, levantamento indicou 4,6 mil sem-teto em Belo Horizonte
Reprodução/TV Globo
Enquanto esteve aberto na primeira fase, o projeto recebeu mais de 30 mil pessoas, distribuindo mais de 50 mil kits de lanche e 432 mil copos de água.
Outros serviços
Atendimento socioassistencial: 2.438
Atendimento da saúde: 481
Atendimento ministério público: 284
Defensoria Pública: 332
Atendimento de pets: 1.291
Banhos: 14.997
Leitores On Line