‘Entrou no lago e não vi mais’, diz irmão de jovem que morreu afogado em Salto de Pirapora


Marcelo Rodrigues, de 18 anos, se afogou em um lago no bairro do Netinho, na tarde de sexta-feira (11). Irmão de 14 anos presenciou a cena. Pablo Kauan com o irmão Marcelo em Salto de Pirapora (SP)
Arquivo pessoal
O adolescente Pablo Kauan, de 14 anos, foi uma das últimas pessoas a ver o irmão, Marcelo Rodrigues, de 18, antes de morrer afogado em um lago no bairro do Netinho, em Salto de Pirapora (SP) estava .
O jovem, que tinha o apelido de Tetê, havia saído com Pablo e alguns amigos para nadar na tarde de sexta-feira (11). Segundo o irmão, Marcelo e mais um colega entraram no lago juntos. No entanto, a suspeita é que o rapaz teve uma câimbra e não conseguiu nadar.
“Eu vi os dois entrando, mas só um deles saiu. Na hora, eu sabia que, se eu entrasse para tentar ajudar, seriam dois afogados, então tentei ficar calmo e pedi ajuda de um amigo para avisar minha família”, conta.
De acordo com o adolescente, os amigos que sabiam nadar entraram na água para tentar tirar Marcelo, mas sem sucesso.
O Corpo de Bombeiros chegou ao local e conseguiu socorrer o rapaz, mas ele não resistiu. O corpo de Marcelo foi enterrado no sábado (12), em um cemitério da cidade.
“Comecei a chorar pensando no que iria falar para a minha mãe”, lembra o garoto.
Marcelo com o pai em Salto de Pirapora (SP)
Arquivo pessoal
‘Sonhava em ser cantor’
Os familiares de Marcelo contaram ao G1 que o sonho do rapaz era ser cantor. Ele aparece em vídeos cantando músicas que ele mesmo escrevia e, segundo o primo Gian Felipe Camargo, estava procurando uma gravadora.
“Ele era a alegria da família, fazia todo mundo rir e deixava todo mundo feliz”, conta.
Primo fala sobre jovem de 18 anos que morreu afogado em lago de Salto de Pirapora (SP)
Arquivo pessoal
Veja mais notícias da região no G1 Sorocaba e Jundiaí
Leitores On Line