Entrega da declaração do imposto sobre a propriedade rural de 2020 termina nesta quarta-feira


Devem declarar o ITR pessoas físicas e jurídicas proprietárias ou que detenham qualquer título de imóvel rural. Multa para quem não é entregar declaração é de 1% ao mês sobre o total do imposto devido. Fazenda de Altinópolis (SP) aluga colmeia de abelhas para polinizar lavoura de café
Sérgio Oliveira/EPTV
Termina nesta quarta-feira (30) o prazo de entrega do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural (ITR) de 2020. Os proprietários rurais de todo o Brasil deverão enviar o documento até às 23h59.
Segundo a Receita Federal, até terça-feira (29), já foram entregues 5,3 milhões de declarações. A expectativa é que de que 5,9 milhões de documentos sejam recebidos.
Quem não apresentar a declaração no prazo está sujeito à multa de 1% ao mês calculada sobre o total do imposto devido.
O valor do imposto pode ser pago em até 4 parcelas iguais, mensais e sucessivas, sendo que nenhuma quota pode ter valor inferior a R$ 50.
Imposto de valor inferior a R$ 100 deverá ser pago à vista até o último dia do prazo para a apresentação do ITR.
Quem deve entregar?
De acordo com o governo federal, deverão apresentar a declaração pessoas físicas e jurídicas proprietárias, titulares do domínio útil ou que detenham qualquer título do imóvel rural.
Apenas os contribuintes imunes ou isentos estão dispensados de entregar o documento. O produtor que perdeu ou transferiu a posse ou o direito de propriedade da terra desde 1º de janeiro também está obrigado a apresentar a declaração.
No site da Receita, é possível acessar uma página de perguntas e respostas sobre a declaração.
VÍDEOS: mais notícias do agronegócio

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line