emmy 2020: afinal, teremos todos que ver ‘schitt’s creek’?


Jennifer Anniston e Jimmy Kimmel foram alguns dos poucos que apareceram presencialmente no Emmy 2020
The Television Academy e ABC Entertainment/AP
Não, eu não vi “Schitt’s Creek” e aí fiquei obviamente irritada com todos os prêmios de comédia do Emmy 2020 terem ido pra essa série, que muito fofamente celebrava sua temporada final, numa festinha bem simpática. Vamos ter que ver essa série, né. Eu realmente duvido, mas duvido muito que seja melhor que sua concorrente maravilhosa “Curb Your Enthusiasm” (HBO), por exemplo, ou que a maravilhosa “Mrs Maisel” (Prime Video), mas acho que terei que pagar para ver, né? (literalmente, porque terei que assinar maaais um serviço de streaming, o Paramount, que dá pra assinar dentro do Prime Video).
Mas, de qualquer maneira achei, este Emmy 2020 em meio à pandemia bem divertido. Foi legal ver o povo em casa, as famílias gritando a cada vitória, uns discursos legais. Jimmy Kimmel na apresentação estava ótimo.
Veja todos os ganhadores do Emmy 2020
Adorei todos os prêmios para “Watchmen” (HBO), mesmo os não tão merecidos (tipo o Yahya Abdul-Mateen II, né). Vibrei especialmente com a sensacional Regina King.
Já estava conformada que a legalzinha porém superestimada “Succession” (HBO) ia levar quase tudo – gostei bastante do prêmio para Jeremy Strong, acho que nem ele esperava. Adorei Zendaya ganhando como atriz por “Euphoria” (série teen incrível da HBO) e tendo a melhor comemoração em família de todas. E amei Julia Garner ganhando como melhor atriz dramática pela sempre excelente “Ozark” (Netflix). Amei também a coragem de não premiarem Meryl Streep por sua participação bem ruinzinha em “Big Little Lies”, ufa. Ninguém nunca tem coragem de não dar o prêmio pra ela.
O prêmio mais óbvio de todos foi também um dos mais merecidos: Mark Ruffalo arrasando e nos deprimindo em “I Know this Much is True” (HBO). E a linda “Unorthodox” ter ganho um prêmio de direção também me fez vibrar.
Teve também uma semi-reunion de “Friends”, mas as plásticas e preenchimentos faciais da Rachel e da Monica roubaram o protagonismo e eu não consegui ficar empolgada, apenas pensava “Gente, só a Phoebe continua uma pessoa normal”.
No fim, foi um Emmy bem direitinho…
*
Ah! Este blog está completando 15 anos de vida. Obrigada a todos os queridos leitores pela companhia.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line