.cls-1{fill:none;}.cls-2{clip-path:url(#clip-path);}
Foto: Reprodução/Internet

“Pode tirar a máscara, moleque. Fica à vontade aqui”, disse o presidente

O presidente  Jair Bolsonaro 
(sem partido) pediu para um menino tirar a máscara de proteção
antes de cumprimentá-lo nesta sexta-feira (4). O episódio ocorreu em Eldorado, no interior de São Paulo, quando Bolsonaro foi ao encontro de apoiadores. A legislação obriga o uso da proteção no estado, inclusive por pré-adolescentes e adolescentes.

Leia também

  • Bolsonaro critica medidas preventivas na pandemia: “É fácil impor ditadura”
  • Bolsonaro diz que nota de R$ 200 foi criada por falta de papel e nega corrupção
  • Bolsonaro chama ONGs de ‘câncer’ e Greenpeace rebate

O menino, que não usava máscara inicialmente, estava entre os simpatizantes. O garoto então coloca a máscara e o presidente reage: “Pode tirar a máscara, moleque. Fica à vontade aqui.” Depois, aperta a mão do garoto, que estava acompanhado da mãe. Desde quinta-feira (3), o presidente está no Vale do Ribeira, onde cumpre agenda oficial.

Um dia antes, o presidente também provocou aglomeração durante visita as cidades de Pariquera-Açu, Eldorado Paulista e Tapiraí, todas na região do Vale do Ribeira, na quinta-feira (3).

Na chegada aos municípios, o presidente foi recebido por apoiadores,  muitos deles sem máscara
e não respeitando o distanciamento social, que se juntaram às grades de contenção para tentar abraçar e tirar fotos com Bolsonaro. 

Segundo o último boletim das secretarias de Saúde, o estado lidera o ranking das unidades da Federação com mais casos e óbitos no país em decorrência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. No total, São Paulo acumula 837.978 mil casos e 30.905 mortes.

    Leia tudo sobre:

    div#taboola-below-article-thumbnails{padding-top: 20px;}.ig-taboola{padding: 0 0px;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm{margin-top: 5px !important;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm .trc_rbox_header_span{border-bottom: 4px solid;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm .trc_rbox_header_span:after{content: “”;position: absolute;display: block;border-bottom: 1px solid;margin-top: 2px;width: 100%;}.iG_componente_taboola_containerTitulo{margin-bottom: 2.2rem;position: relative;}.iG_componente_taboola_containerTitulo .iG_componente_taboola_containerTitulo_title{font-size: 3.18rem;color: #000;text-transform: uppercase;font-weight: 300;border-top: 8px solid #000;padding-top: 8px;width: max-content;}.iG_componente_taboola_containerTitulo .iG_componente_taboola_containerTitulo_title::before{content: “”;display: block;border-top: 1px solid #d4d4d4;position: absolute;width: 100%;top: 0;}

    Veja Também

    window._taboola = window._taboola || [];_taboola.push({mode: ‘organic-thumbs-feed-02-mp’,container: ‘taboola-most-popular-thumbnails’,placement: ‘Most Popular Thumbnails’,target_type: ‘mix’});

    window._taboola = window._taboola || [];_taboola.push({mode: ‘thumbnails-b’,container: ‘taboola-below-article-thumbnails’,placement: ‘Below Article Thumbnails’,target_type: ‘mix’});

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      carregando

      Comentários

      if (/saudebucal/gi.test(window.igChannel) === false){if(document.querySelector(‘meta[name=”iG-noticia-comentarios”]’).content == ‘true’){document.write(‘loading‘);var dataHref = location.href.split(‘?’)[0];document.querySelector(‘#widget-comments’).innerHTML += ‘

      ‘;var checkFBCommentsLoaded = setInterval(function(){if(document.querySelector(‘.fb-comments’).getAttribute(‘fb-xfbml-state’) == ‘rendered’){document.querySelector(‘.fb-comments-loading’).remove();clearInterval(checkFBCommentsLoaded);}}, 100);}}