Em baile do tráfico, chefe da Rocinha desfila com dezenas de fuzis


Foragido da Justiça, Johny Bravo aparece cercado de criminosos. Traficante apoiou a tentativa de invasão ao Complexo de São Carlos. Em baile do tráfico, chefe da Rocinha desfila com dezenas de fuzis
Imagens de um baile funk na Rocinha, na Zona Sul do Rio, mostram John Wallace da Silva Viana, o Johny Bravo, chefe do tráfico da comunidade, chegando com comparsas fortemente armados.
No vídeo, é possível contar pelo menos 20 fuzis. Johny aparece sem camisa, cercado de comparsas.
A TV Globo apurou que o registro é do último fim de semana. O baile, patrocinado pelo tráfico, acontece na Rua 4. O entorno do palco e das caixas de som é fechado para o trânsito — nem motos podem se aproximar.
Johny Bravo (sem camisa) chega a baile funk na Rocinha
Reprodução
Recompensa de R$ 1 mil
Johny Bravo é foragido da Justiça e responde por tráfico e formação de quadrilha.
A Polícia Civil afirma ainda que o chefe da Rocinha apoiou a tentativa de invasão contra o Complexo de São Carlos, no fim de agosto, cedendo armas e homens.
No dia do conflito, a polícia prendeu um dos “seguranças” de Johny. Felipe da Silva Barros estava com uma roupa camuflada, um fuzil, uma pistola, duas granadas e munição.
O Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 1 mil por informações que levem a Johny. Pistas podem ser repassadas de forma anônima pelo Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados, no telefone (21) 98849-6099; pela Central de Atendimento, no (21) 2253-1177; através do Facebook; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.
Cartaz do Portal dos Procurados de Johny Bravo, chefe do tráfico da Rocinha
Reprodução
VÍDEOS: Os mais assistidos do G1 nos últimos dias
Leitores On Line