Eduardo ironiza festa em favela, mas vídeo foi feito antes de pandemia

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) ironizou aglomeração em uma comunidade do Rio de Janeiro, mas o vídeo foi publicado nas redes sociais antes mesmo da pandemia.

“Ainda bem que não é no Leblon, né? Vai que o pessoal contrai covid-19”, escreveu ele, referindo-se à aglomeração em bares e restaurantes ocorrida no bairro nobre da zona sul, em seu primeiro dia de reabertura, na semana passada.

Brasil registrou média de 1.018 mortes diárias nesta semana, diz consórcio

Mas o vídeo, que mostra uma festa na comunidade da Mangueira, zona norte do Rio, e com traficantes disparando tiros de fuzil para o alto, já havia sido publicado pelo perfil “Informe_RJ” no dia 18 de janeiro, ou seja, quase dois meses antes da OMS (Organização Mundial da Saúde) decretar a pandemia do novo coronavírus.

Até a publicação deste texto, o tuíte de Eduardo Bolsonaro ainda não havia sido deletado.

Nos comentários, internautas criticaram o parlamentar por espalhar fake news. “Pegar um vídeo de antes da quarentena e postar como se fosse atual é desinformação. Mas o que esperar de alguém que se elegeu graças a isso?”, disse um deles.

Ainda bem que não é no Leblon né? Vai que o pessoal contrai COVID… pic.twitter.com/yyB10M5cKG

— Eduardo Bolsonaro (@BolsonaroSP) July 11, 2020

#INFORMEnewsRJ

Baile da MANGUEIRA localidade BURACO QUENTE. pic.twitter.com/ZcwAWgg1m4

— Informe News RJ ???? (@informe_rj) January 18, 2020

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.