Dona do Outback tem prejuízo na pandemia e vendas no Brasil caem 64%

No período, a operação brasileira registrou queda de 64% nas vendas, enquanto ao Bloomin’ Brands registrou prejuízo líquido de US$ 92,3 milhões. A receita total da empresa caiu 43%, para US$ 578,5 milhões, ante mesmo período de 2019.

Os resultados são drasticamente afetados pelo fechamento dos restaurantes nos países operados por conta da pandemia da covid-19. Segundo a empresa,  a partir de 19, 928 restaurantes operados pela empresa reabriram com capacidade limitada para refeições, isto é 92% do total das unidades. Nos Estados Unidos, a queda consolidada de todas as bandeiras da Bloomin’ Brands foi de 39,4%.

“Apesar desses desenvolvimentos recentes e do ambiente desafiador que resta, estamos ansiosos para emergir como uma empresa melhor, mais forte e focada em operações. Estou mais convencido do que nunca do importante papel que os restaurantes com serviço completo continuarão a desempenhar na vida de nossos clientes e comunidades”, disse o presidente David Deno na declaração dos resultados.

No Brasil, a empresa havia anunciado um processo de venda do Outback, que em maio foi suspendido por conta da pandemia. Por aqui a marca possui 103 restaurantes.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.