Dois homens são presos suspeitos de tráfico com 300 frascos de anestésico veterinário usado para fabricar droga sintética


Policiais investigavam a dupla, e prenderam os suspeitos quando estavam em Campina Grande do Sul, voltando de São Paulo. Polícia prende duas pessoas com remédios que podem ser transformados em drogas
Dois homens suspeitos de tráfico de drogas foram presos, na quinta-feira (24), com 300 frascos de anestésico usado na fabricação de drogas sintéticas, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.
Segundo a Polícia Civil do Paraná, os homens estavam sendo investigados por agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope).
De acordo com a polícia, os dois foram abordados quando voltavam de São Paulo, onde tinham ido buscar a substância.
Segundo o delegado do Cope, Rodrigo Brown, a quetamina é um anestésico veterinário usado de drogas que causam o relaxamento profundo dos músculos e perda da capacidade de reação.
Policiais apreenderam 300 frascos de anestésico veterinário, em Campina Grande do Sul
Reprodução/RPC
“Tem o seu uso para práticas de crimes, conhecido como ‘boa noite cinderela’, misturado na bebida de alguém involuntariamente para reduzir a capacidade de reação da pessoa e ela ser vitima de crimes sexuais ou patrimoniais”, afirmou o delegado.
Além dos anestésicos, a polícia encontrou outras drogas sintéticas e balanças de precisão com os suspeitos.
Os homens, de 26 e 32 anos, foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.
Veja os vídeos mais assistidos do G1
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line