Dois anos após morte no Beach Park, caso ainda está em fase de inquérito

MP alega que novos questionamentos sobre a perícia vieram à tona e devem ser esclarecidos antes do oferecimento da denúncia - Reprodução/Facebook

MP alega que novos questionamentos sobre a perícia vieram à tona e devem ser esclarecidos antes do oferecimento da denúncia Imagem: Reprodução/Facebook

Dois anos após a morte de um turista de São Paulo no Beach Park, parque aquático em Aquiraz, na Grande Fortaleza, o caso continua em fase de inquérito, já que o MP-CE (Ministério Público do Estado do Ceará) ainda não ofereceu denúncia.

No último dia 6, segundo relatou o TJ-CE (Tribunal de Justiça do Estado do Ceará) ao UOL, o MP pediu nova vista do processo, solicitando a adição de outros documentos, além de mídias que não estão em formato digitalizável, para nova análise do órgão ministerial.

Com Agências