Diante da crise política, Ada cobra responsabilidade do Estado com a Saúde

Deputada Ada de Luca

Na véspera da leitura e discussão do segundo pedido de impeachment contra o governador e a vice de Santa Catarina, a deputada Ada Faraco de Luca (MDB) cobrou responsabilidade, planejamento e transparência nas ações do Executivo em combate ao coronavírus. Foi durante a sessão desta quarta-feira (2) da Assembleia Legislativa. O novo processo inclui, além da questão do aumento concedido aos procuradores do Estado, a compra dos 200 respiradores pulmonares, ao custo de R$ 33 milhões.

Essa compra também passou a ser investigada pela Polícia Federal. “Com muita responsabilidade, vamos continuar fazendo o trabalho Legislativo e acompanhando os trabalhos investigativos. É momento de responsabilidade com a saúde”, afirmou a deputada.

Ada também reforçou o apelo para a manutenção de todos os leitos de UTI ativados para o tratamento de pacientes com coronavírus após a pandemia. “Nós precisamos permitir que o coronavírus deixe, pelo menos, alguma coisa, que é a melhor estrutura para a saúde catarinense. Quero aqui trazer a resposta do secretário para o nosso questionamento: pelo menos 50% dos leitos de UTI serão mantidos. Queremos mais, precisamos de mais, vamos lutar por mais”, disse Ada.

Alta Magagnin

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line