Descoberto no México altar pré-hispânico a deus do submundo (FOTOS)

Templo maia, Jaguar Grande, localizado em Tikal, a 560 quilômetros a norte da Cidade de Guatemala, 20 de dezembro de 2012

Pesquisador do INAN, José Alfredo Arellanes afirmou que os vestígios achados no morro de la Peña fazem parte de um centro cerimonial de adoração ao deus do submundo.

Além disso, 1.845 metros acima do nível do mar, foram descobertos sete pirâmides e um jogo de bola mesoamericano.

Em se tratando do centro cerimonial, o arqueólogo explicou que nos pilares que sobressaem no morro encontra-se esculpida a imagem de um homem com chifres, garras e uma tanga, sendo traços do deus do submundo, escreve El Heraldo de México.

#EFEFotos | Fotografías que muestran vestigios prehispánicos que datan del periodo clásico de la cultura Zapoteca, en el cerro de la Peña, en la comunidad de Huehuepiaxtla del municipio de Axutla, en el estado de Puebla.

EFE/Hilda Ríos@hildarl pic.twitter.com/imioMXV9Fr

— EFEMEX (@EFEMexico) July 21, 2020

​Fotografias mostram vestígios pré-hispânicos que datam do período clássico da cultura Zapoteca no morro de la Peña, na comunidade de Huehuehuepiaxtla, município de Axutla, no estado de Puebla.

Vale destacar que os fragmentos arqueológicos mais completos encontrados no local remontam ao ano 500 d.C.

Até agora foram encontradas imagens esculpidas em monumentos e pisos que refletem modo de vida das culturas teotihuacana e zapoteca, possíveis antigos habitantes da região.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line